Especialistas fazem “teardown” do novo iPad Pro de 9,7 polegadas

Por Redação | 06.04.2016 às 01:22 - atualizado em 06.04.2016 às 07:07

Que a Apple se esforça para construir seus aparelhos de maneira que sua abertura não seja fácil, não é novidade. Mas tudo indica que a Maçã está se dedicando cada vez mais no quesito dificuldade de remover os componentes de seus dispositivos. Pelo menos é a conclusão que podemos tirar após assistir ao vídeo do iFixit, no qual os especialistas fazem um “teardown” do novo iPad Pro de 9,7 polegadas. Confira na íntegra:

O iFixit costuma desmontar os mais diversos gadgets e registrar o processo em vídeo, revelando as “entranhas” dos dispositivos com a proposta de auxiliar profissionais que trabalham com manutenção de eletrônicos a realizarem os procedimentos da maneira mais adequada e profissional possível. Nesse vídeo, a equipe do site mostrou o quanto está complicado abrir o novo iPad, bem como remover sua bateria.

O iPad Pro de 9,7 polegadas mistura especificações de ponta do modelo de 12,9 polegadas com características do iPad Air. Os especialistas mostraram que o Smart Connector (que transfere dados entre o iPad Pro e o Smart Keyboard sem precisar carregá-lo com pilhas ou outra fonte de energia) continua praticamente impossível de ser removido - e ainda bem que esse componente dificilmente precisará de reparos -, mas a bateria do modelo menor vem colada (sim, com cola mesmo) na carcaça, enquanto a bateria do modelo de 12,9 polegadas era adesivada, sendo mais fácil de ser removida.

Esses detalhes fizeram com que o iFixit colocasse o iPad Pro de 9,7 polegadas com um escore de somente 2 de 10 pontos de reparabilidade, enquanto a versão de 12,9 polegadas ganhou três pontos. Ou seja, o iPad Pro é difícil de abrir e complicado de consertar, mas o modelo com display menor é ainda mais delicado.

Tudo isso reforça a postura da Apple de ser contra o DIY (“Do It Yourself”, ou “Faça Você Mesmo”) no que diz respeito ao hardware de seus aparelhos e incentivar seus consumidores a somente procurar assistências técnicas autorizadas quando necessitarem de reparos em seus dispositivos.

Fonte: iFixit