Apple deve trazer três versões de iPad em 2017, aponta consultor

Por Redação | 15 de Agosto de 2016 às 10h17

Com tantos rumores sobre o iPhone 7 saindo de todos os lugares ao longo das últimas semanas, era natural que os demais produtos da Apple fossem colocados em segundo plano na linha de interesse do público. No entanto, isso não quer dizer que a empresa não prepara novidades para eles. No caso, parece que a fabricante está preparando mais algumas mudanças para sua próxima geração de tablets.

De acordo com as previsões do analista de mercado Ming-Chi Kuo, a Apple deve trazer três modelos diferentes de iPad no ano que vem. O primeiro deles seria o iPad Pro 2, que daria continuidade à versão apresentada no início deste ano com tela de 12,9 polegadas. O consultor sugere ainda que devemos ver iPad de baixo custo de 9,7 polegadas sendo lançado em 2017.

Porém, o maior destaque mesmo seria uma versão do mesmo iPad Pro, mas com tela de 10,5 polegadas. De acordo com Kuo, essa aposta seria uma forma de ajudar a Apple a tornar seu tablete ainda mais competitivo dentro de mercados comerciais e educacionais, uma vez que aliaria todas as vantagens que o seu tablet normalmente já oferece para esses públicos com os recursos exclusivos apresentados no iPad Pro, sobretudo com a precisão oferecida pela Apple Pencil.

iPad Pro

Segundo analista, iPad Pro vai ganhar versão de 10,5 polegadas para se tornar mais competitivo

Segundo ele, todos os modelos devem trazer um processador A10X, com exceção da versão de 9,7 polegadas, que vai se manter com um chip A9X. Outro ponto que vale destacar é que ele não cita em nenhum momento a existência de um novo iPad mini ou equivalente, o que reforça as teorias de que a fabricante pretende mesmo descontinuar a versão.

Ainda assim, esses lançamentos parecem não ser o suficiente para garantir bons números para a Apple. De acordo com o analista, por mais que a empresa traga essas três versões de seu tablet em 2017, eles não serão o suficiente para garantir um aumento no envio de produtos às lojas. Tanto que ele prevê uma queda entre 10% e 20% no ano fiscal de 2017 em relação ao anterior — algo que ele diz que também vai acontecer neste ano, uma vez que a Apple segue investindo em poucas novidades para sua linha de tablets.

Por outro lado, o consultor aponta uma melhora no cenário já para 2018, quando prevê o lançamento de um modelo revolucionário de iPad. Segundo ele, a Apple vai trazer mudanças radicais tanto no design quanto na experiência ao adotar um painel flexível de AMOLED — o que deve se tornar um grande impulsionador de vendas. Em sua previsão, Kuo diz que essa novidade deve trazer tantas mudanças ao modo com que as pessoas usam o tablet que vai ajudar a alavancar o interesse do consumidor pelo produto.

Via: MacRumors

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.