Tablets deverão ser incluídos no programa Minha Casa Melhor, do Governo Federal

Por Redação | 18.09.2013 às 16:25

Tablets deverão ser incluídos no Minha Casa Melhor, programa do governo federal de financiamento de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos com baixas taxas de juros, exclusivo para os beneficiários que compraram imóveis através do programa de habitação Minha Casa, Minha Vida.

A Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee) se reuniu ontem, 17, com a presidente Dilma Rousseff para apresentar a proposta de inclusão dos tablets entre os produtos beneficiados pelo programa.

O presidente da instituição, Humberto Barbato, afirmou durante a reunião que os laptops, já incluídos no programa, são essenciais para a inclusão digital no país hoje, assim como os tablets serão nos próximos anos. Também segundo Humberto, a presidente gostou da proposta e o plano deve ser levado adiante.

Por meio do Minha Casa Melhor, o beneficiado poderá obter crédito para comprar até dez itens diferentes para sua casa, com limitações quanto ao uso e o valor de cada produto, com um financiamento total máximo de até R$ 5 mil com juros de 5%. No caso dos laptops, a compra está restrita a produtos com acesso à internet e no valor máximo de R$ 1.150. Para os tablets, esse valor deve ser de R$ 799.