Surface Pro será lançado em janeiro e vai custar mais que o iPad

Por Redação | 30 de Novembro de 2012 às 11h04

Uma versão turbinada do tablet da Microsoft deve chegar às lojas norte-americanas em janeiro de 2013. Mas na verdade o Surface Pro parece ter vindo para concorrer com um notebook e não com um tablet, afinal ele vai custar US$ 200 mais que o iPad.

Como o próprio gerente geral da Microsoft descreve, o Surface Pro será "um PC completo e um tablet", afinal ele vai contar com um processador Intel Core i5, utilizado em notebooks e desktops. Esse é um dos elementos que mais contribui para o preço elevado do gadget.

Segundo informações do Wall Street Journal, o modelo do novo tablet da Microsoft com 64 GB de memória vai custar US$ 899 (cerca de R$ 1.800). Levando em conta que o Surface não suporta conexão 3G, o iPad com a mesma capacidade de armazenamento e somente conectividade Wi-Fi custa US$ 699.

Já o Surface Pro com 128 GB vai sair por US$ 999, praticamente o preço do MacBook mais barato da Apple. Lembrando que esses valores da Microsoft não incluem o teclado acoplável, que torna a experiência mais parecida com a de um laptop. Esse acessório pode custar cerca de US$ 100, ou mais.

Esse é um lançamento voltado para o mundo corporativo, pois ele vem com uma versão completa e robusta do Windows 8, que suporta os mesmos aplicativos que um desktop ou notebook que roda o sistema operacional. Para os consumidores em geral existe a versão RT do Surface, que custa a partir de US$ 499, e permite a concorrência direta com o iPad.

A companhia ainda não informou a data de lançamento do Surface Pro no Brasil.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.