Rumor: Google pode lançar um Nexus 8 da HTC ainda em 2014. O que isso significa?

Por Pedro Cipoli | 22 de Abril de 2014 às 12h31

A linha de tablets do Google conta atualmente com dois tamanhos diferentes: 7 polegadas (Nexus 7 2012 e Nexus 7 2013) e 10 polegadas, que atualmente conta somente com o Nexus 10 lançado já há algum tempo. Mas se os rumores do Android Authority estiverem corretos, é muito capaz um tamanho intermediário apareça ainda em 2014. Segundo rumores, ele teria 8,9 polegadas e seria fabricado pela HTC, empresa que fabricou o primeiro Nexus do Google, o Nexus One.

Se esse rumor for confirmado, podemos esperar um monstrinho nos próximos meses, já que o Google costuma utilizar o que há de melhor em seus aparelhos quando esses são lançados, desde o processador até telas de altíssima resolução, e a HTC com certeza está em posição de fornecer essa tecnologia. O rumor pararia por aí se não contasse com um fato adicional: ao contrário do que o Google tem feito até agora, esse pode ser o primeiro aparelho com um aspecto mais "premium", deixando de se preocupar tanto somente com os custos de fabricação.

Isso vai contra o que o Google tem feito até agora, de fornecer um dos melhores hardwares por um preço baixo para alavancar as vendas de apps, que é o que mais gera receita. A lógica é simples: se um usuário pode comprar um aparelho top de linha por um preço agressivo, ele instalará mais apps, e mesmo que estes sejam gratuitos, o Google ainda ganha dinheiro com a movimentação de publicidade dentro de cada app. Ou seja: a empresa vende um aparelho sem lucro inicial interessante, mas que fará com que ela (não quem fabricou o hardware) ganhe dinheiro no futuro.

ASUS NEXUS 7

Voltando ao suposto Nexus 8. Se o Nexus 7 é vendido por US$ 199 na versão Wi-Fi de 16 GB, trazendo uma das melhores telas da categoria, processamento de sobra e uma excelente autonomia de bateria, isso diminuindo custos onde for possível, o que esperar do Nexus 8? Se custo não for um problema, com certeza ele virá com uma estrutura em alumínio, tela com resolução e densidade de pixels bem maior (4K, talvez?) e, claro, o melhor processador móvel disponível quando for anunciado, o que costuma acontecer no final do ano.

O Android chegou em um nível de maturidade no qual um Nexus 8 "premium" faz sentido, o que é benéfico para o usuário de forma direta e indireta. Basta imaginar o seguinte: se o Google vende um tablet com o que há de melhor e preço abaixo dos concorrentes, há um efeito em cascata. Afinal, por que pagar mais em um Galaxy Tab ou Note (Samsung), um G Pad (LG) ou Tablet Z (Sony) se há uma opção melhor e bem mais barata? E o melhor: com atualizações imediatas para as próximas versões do Android?

Se esse rumor for confirmado (o que seria ótimo), provavelmente não veremos a terceira geração do Nexus 7, já que o modelo lançado em 2013 ainda atenderá ao usuário por um bom tempo, mas sim um novo Nexus 10, que não recebe atualizações desde que foi lançado oficialmente em 2012. E claro, um novo smartphone Nexus (Nexus 6?), já que o Google atualiza seus modelos todos os anos, seguindo uma política semelhante à da Apple com o iPhone.

E você, usuário? Acha que o HTC Nexus 8 é real ou não? Deixe a sua opinião nos comentários!

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.