Próximo iPad deve ser mais fino e mais leve, de acordo com analista

Por Redação | 18.04.2013 às 16:18

Parece que a Apple deve trazer de volta seu velho hábito de "encolher" seus iPads na sua próxima geração de tablets. De acordo com Mingchi Kuo, analista da KGI Securities, o próximo modelo de iPad será mais fino e mais leve que seu antecessor.

Por meio de uma nota enviada aos investidores na noite da última quarta-feira (17), o analista disse que o iPad deve ficar 15% mais fino que o dispositivo de quarta geração e 25% mais leve. As informações foram divulgadas pela CNET.

As justificativas de Kuo para a redução de tamanho são baseadas em uma série de ajustes no aparelho. Isso inclui uma bateria cerca de 25% a 30% menor, melhorias no display e chips série A. Além disso, a Maçã ainda deve utilizar a mesma tecnologia touch encontrada no iPad mini, que é mais fino do que os atuais tablets full size da marca.

"Nós acreditamos que uma das razões pelas quais o iPad 3 e o iPad 4 não foram tão vendidos como esperado se deva ao fato de que ambos são mais pesados e grossos do que o iPad 2", justifica Kuo na nota enviada aos acionistas. Apesar de o analista não ter mencionado, o fato da Apple ter lançado os dois aparelhos dentro de um intervalo de sete meses também interfere no resultado.

O analista ainda prevê que a próxima geração do iPad deve ser lançada até o final do terceiro trimestre de 2013. Mas esse é mais um de uma série de rumores e opiniões que apontam para um iPad mais fino. Outro detalhe que merece destaque é que a Apple utilizou o mesmo design externo para o dispositivo em suas últimas três versões, algo estranho se comparado à linha de iPhones e iPods.

Existem motivos para levar em conta a previsão de Kuo: ele acertou detalhes relacionados aos planos e prazos do Macbook Pro com Retina Display no ano passado, juntamente com os detalhes do iPad e iPod.