Lançamento do iPad Mini deve diminuir as vendas do iPad tradicional

Por Redação | 22.10.2012 às 09:45

Especula-se que o iPad Mini seja anunciado oficialmente pela Apple na próxima terça-feira (23), e, mesmo sem saber muito a respeito do gadget, os analistas já começaram a fazer suas previsões sobre como o mercado receberá o iPad Mini.

De acordo com os rumores, o tablet vai contar com uma tela touchscreen de 7,85 polegadas, ou seja, será um pouco menor do que o display atual, que possui 10,1 polegadas. Mesmo com a escassez de informações a respeito do aparelho, os analistas estão prevendo que a Apple vai vender cerca de cinco milhões de iPads Mini antes do Natal - assumindo que a data de lançamento seja mesmo no dia 02 de novembro.

Bill Choi, analista da Janney Montgomery Scott, disse em entrevista para o BusinessInsider que o novo iPad deve canibalizar cerca de 15% das vendas do iPad já existente. Já Gene Munster, analista da da Piper Jaffray, acredita que o mercado de "velhos" iPads sofrerá um pouco mais. "Para cada cinco milhões de iPads Mini vendidos, a Apple acabará perdendo a venda de 1 milhão de iPads tradicionais", explica.

No momento, quem deseja um tablet um pouco menor geralmente recorre ao Samsung Galaxy Tab de 7 polegadas, ao Google Nexus 7 ou ao Kindle Fire, da Amazon. Agora a Apple tem a chance de atingir esses clientes com o iPad Mini.