Entenda por que a Apple não lançou o iPad Pro neste ano

Por Redação | 27 de Outubro de 2014 às 10h08
photo_camera Divulgação

Os rumores sobre a Apple lançar o suposto iPad Pro, um tablet de 12,9 polegadas, já vinham circulando há algum tempo. No entanto, no evento de lançamento da nova geração de tablets da empresa, o aparelho não foi anunciado.

Apesar deste nunca ter sido um produto “confirmado” pelos boatos, muita gente ficou se perguntando se e quando a Apple realmente lançaria tal dispositivo. Os rumores sobre a chegada de um iPad maior, voltado para o mundo dos negócios, ainda não esfriaram e analistas esperam que ele seja lançado no início de 2015.

O iPad é o tablet mais vendido no mundo, mas o crescimento desse mercado tem diminuído nos últimos meses. Para se ter uma ideia, no último trimestre fiscal da Apple, as vendas de iPads caíram pelo segundo trimestre seguido, com 9% a menos do que o período anterior.

iPad Pro

Concepção artística do iPad Pro ao lado de um MacBook Air

Com as vendas fracas, um novo iPad de tela maior poderia ajudar a revitalizar a demanda pelo dispositivo, segundo analistas. No entanto, segundo o CNET, uma série de fatores podem ter contribuído para a Apple adiar a chegada do produto ao mercado.

Primeiro, o motivo mais plausível são problemas na produção. A demanda pelo iPhone 6 Plus tem sido enorme e a empresa tem enfrentado dificuldades em fornecer todos os pedidos, então todas as linhas de produção estão com um foco maior nos iPhones. Além disso, ainda há a demanda pelos novos iPads, que já estão consolidados no mercado.

Com as linhas de produção já comprometidas, a Apple pode ter escolhido adiar o lançamento do iPad Pro para não correr o risco de faltar produtos nas prateleiras.

Outro motivo pode estar relacionado ao software. O iOS 8 foi lançado recentemente para o público, mas enfrenta inúmeros problemas e bugs, tanto que a adoção da nova versão quase que estagnou. Talvez a empresa esteja mais preocupada em corrigir o iOS 8 para só então lançar o novo produto, com um software mais confiável e estável.

Além disso, Cupertino pode estar esperando que sua recente parceria com a IBM traga resultados mais concretos, no sentido de otimizar os dispositivos da Apple para usuários corporativos. Com isso, os serviços de computação na nuvem da IBM, como gerenciamento de dispositivos, segurança e análise de dados, serão um atrativo a mais aos executivos.

Ainda, a demora pode ser mera estratégia. A Apple, tradicionalmente, anuncia novos produtos nesta época do ano - iPhones em setembro e iPads em outubro. Com isso, as vendas dependem muito do fim do ano, a chamada holiday-shopping season, que incluem o dia de ações de graça com o Black Friday, o natal e ano novo.

Com isso, os meses subsequentes ao período de fim de ano têm vendas mais fracas e talvez a companhia esteja esperando mais um pouco para lançar o iPad Pro e, assim, aliviar um pouco a dependência das vendas de fim de ano, já que um produto voltado para o público corporativo não dependeria tanto do natal e ano novo.

De qualquer maneira, um iPad Pro tem o potencial de revitalizar essa categoria de produtos da Apple. Muitos usuários no mundo dos negócios possuem um tablet por ser mais prático de transportar e consultar dados, mas acaba também possuindo um notebook para criar conteúdo.

Dito isso, apenas nos resta esperar até o início do ano que vem, quando analistas esperam que a Maçã finalmente venha a público apresentar o iPad Pro.

Fonte: http://www.cnet.com/news/why-the-larger-ipad-pro-is-a-no-show-this-year/#ftag=CAD590a51e

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.