"Cheio de cola" é a definição do iFixit para o novo Nexus 9

Por Redação | 05.11.2014 às 11:01

Este ano tem sido um ano de muitas novidades interessantes no mundo tecnológico. Uma das mais esperadas e bem recebidas pelos consumidores foi, sem dúvida, a renovação da linha Nexus do Google com um novo tablet, um novo smartphone, um sistema operacional totalmente remodelado e outros produtos.

E já que essas maravilhas tecnológicas já estão a nossa disposição, o pessoal do iFixit resolveu fazer o que sabe de melhor: desmontar os gadgets de Mountain View. A vítima da vez foi o Nexus 9, o novo tablet da linha Nexus fabricado pela HTC.

ifixit nexus 9

As características do tablet são impressionantes: processador NVIDIA Tegra K1 de 64-bit e 2 GB de memória RAM, acompanhados da tela com resolução XXGA de 2.048 x 1.536 pixels de resolução. Apesar disso, existem algumas características no dispositivo que não agradaram muito o iFixit.

A cobertura de plástico na traseira, apesar de facilitar a remoção, pode fazer com que um usuário desatento acabe desconectando a câmera da placa mãe sem querer. Os alto-falantes frontais também foram considerados um problema, pois, segundo a equipe, parecem fones de ouvido com capacidade de volume baixo quando comparados aos do iPad Air. Além disso, excesso de fita e a distribuição caótica dos inúmeros fios dentro de tablet também foram apontados como defeito.

Apesar desses pequenos deslizes na fabricação do tablet, o maior problema encontrado no Nexus 9 foi o excesso de cola. A escolha do material para colar as peças do tablet, como a bateria e a tela, torna muito mais difícil desmontar o aparelho e separar os componentes.

Segundo o pessoal do iFixit, a facilidade de desmontar o Nexus 9 ainda é maior do que por exemplo o Surface Pro 3 da Microsoft e os iPads Air 2 e mini 3 da Apple. Em uma nota que vai de 1 a 10, o novo Nexus 9 recebeu três pontos no teste, onde 10 indicaria que ele é super fácil de desmontar.