Apple anuncia oficialmente sua nova geração de iPads

Por Redação | 16 de Outubro de 2014 às 15h01

Os eventos da Apple não são apenas grandiosos e bastante esperados, servem também como confirmação de muita coisa que já sabíamos por meio de rumores. Com a apresentação ao vivo realizada pela empresa na tarde desta quinta-feira (16) não foi diferente. A companhia apresentou, oficialmente, sua nova geração de iPads para o público, aparelhos que misturam tamanhos e pesos reduzidos com poder de processamento considerável.

No evento, como já era esperado, a Maçã apresentou o iPad Air 2, dispositivo que tem como grande novidade o sensor TouchID, que já está presente nos iPhones desde a geração passada deles. Agora, os leitores biométricos chegam também aos tablets e permitem a utilização do sistema de pagamentos Apple Pay, assim como das funções de desbloqueio de tela e compra de aplicativos e conteúdos por meio da iTunes Store.

“O menor da história”

Outro grande foco foi lançado sobre o tamanho do novo iPad Air, que reduz ainda mais as dimensões de seu antecessor, tornando-o literalmente mais fino que um lápis. Com 6,1 mm de espessura, trata-se do produto mais fino de sua categoria, com uma dimensão 18% inferior. As linhas do design também lembram bastante as do iPhone 6, outro dispositivo da companhia que também investiu em um tamanho reduzido.

Apple iPad Air 2

Além disso, temos aqui um novo chip de processamento, o A8X, que representa uma evolução daquilo que já está presente na nova geração de celulares da marca. De acordo com a Apple, trata-se de um componente 40% maior que o presente no iPad Air e uma GPU mais de duas vezes mais veloz. Hoje, o poder de processamento dos tablets da Apple já é 12 vezes superior ao primeiro dispositivo da linha. Como sempre, claro, sensores de movimento também estão inclusos nele.

Com bateria que promete uma autonomia de mais de dez horas de uso, o iPad Air 2 também foi apresentado como um dos melhores dispositivos do tipo para produção de fotos, não apenas devido à qualidade da câmera, mas também pelos sistemas de compartilhamento do iOS 8. O sensor é de 8 megapixels e capaz de gravar vídeos em resolução 1080p, além de contar com a introdução do Timelapse e do Burst Mode, que permitem a criação de vídeos com movimentos rápidos ou slow motion, ou então de várias fotos sucessivas para obtenção da melhor delas.

Apple iPad Air 2

Disponível em três cores – prata, dourada e grafite, assim como o iPhone – o iPad Air 2 chega em versões de 16 GB, 64 GB e 128 GB, com preços de respectivamente US$ 499 (cerca de R$ 1.230), US$ 599 (aproximadamente R$ 1.480) e US$ 699 (mais ou menos R$ 1.730). Como sempre, temos também as versões com acesso à internet pela tecnologia LTE, que saem por US$ 629 (R$ 1.550), US$ 729 (R$ 1.800) e US$ 829 (R$ 2.050). Todos os valores são conversões diretas e não levam em conta os impostos, nem correspondem ao valor oficial brasileiro.

E o lançamento está bem próximo. De acordo com a Apple, as pré-vendas começam nesta sexta-feira (17), com os tablets começando a ser enviados aos usuários na semana seguinte.

Irmão menor

iPad Mini 3

Já que o assunto foi o tamanho, a Apple aproveitou também para anunciar o lançamento do iPad Mini 3, tablet que traz as mesmas configurações internas e poder de processamento que seu companheiro maior, mas com um tamanho reduzido e uma tela menor. Aqui, o display é de 7,9 polegadas e a câmera, de 5 megapixels.

De resto, é tudo praticamente semelhante. O dispositivo também vem com a capacidade de filmar vídeos em 1080p e transmitir em alta definição por meio do FaceTime, além de trazer o Retina display para exibir imagens mais definidas e bonitas.

O iPad Mini 3 também estará disponível em versões de 16 GB (US$ 399, cerca de R$ 985), 64 GB (US$ 499, mais ou menos R$ 1.230) e 128 GB (US$ 599, cerca de R$ 1.480). No caso das versões com acesso por meio de LTE, os preços são de US$ 529 (R$ 1.300), US$ 629 (R$ 1.550) e US$ 729 (R$ 1.800) As pré-vendas também começam nesta sexta-feira, 17 de outubro, e as remessas começam na semana seguinte.

Destaque em números

Apple iPad Air 2

Mas não foi apenas isso que levou o CEO Tim Cook ao palco do evento. Falando do que na opinião dele é a lista de lançamentos mais poderosa da história da companhia, o executivo lembrou também o sucesso do iPhone 6 e o anúncio do Apple Watch, a mais recente adição à lista de produtos da empresa. Mas, após uma apresentação sobre o iOS 8 e o Mac OS X Yosemite, todas as atenções se voltaram ao tablet.

Com 225 milhões de unidades já vendidas em todo o mundo, o aparelho cada vez mais se constitui não apenas como uma das principais ofertas da empresa, mas também como um grande substituto para os PCs tradicionais. Enquanto as receitas de fabricantes de computador apenas apresentam queda, a Apple enxerga os números de vendas do iPad crescendo, e foi justamente isso que levou a fabricante a realizar os anúncios da tarde desta terça.

iPads

Falando mais em números: são 675 mil aplicativos criados especialmente para o tablet e absoluta satisfação do público com a tela Retina, que apresenta alta densidade de pixels. Mudanças de design, aqui, também auxiliam nesse quesito, com alterações que reduzem os reflexos internos e externos a partir de mudanças nos componentes e películas posicionadas sobre o display do dispositivo.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!