Visa lança programa de aceleração para fintechs brasileiras

Por Redação | 08 de Fevereiro de 2017 às 16h14
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Visa

A Visa anunciou um novo programa de aceleração de startups voltado ao segmento de fintechs, empresas focadas em novas tecnologias para o segmento financeiro. Chamado de "Track", o programa selecionará cinco empresas brasileiras.

A iniciativa, que já está com inscrições abertas, é resultado de uma parceria da multinacional do setor de pagamentos com a Kyvo e GSV (Global Silicon Valley) Labs, uma das mais importantes aceleradoras de startups do mundo.

No programa, a Visa busca startups que possuam potencial para "revolucionar a indústria de pagamentos eletrônicos no país e no mundo". As empresas escolhidas passarão por um processo de aceleração no Brasil e na sede da GSV, no Vale do Silício.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No total, são até 6 meses de programa, com três de aceleração (um deles no Vale do Silício) e outros três meses de incubação. Isto faz parte do Visa Everywhere Initiative, um programa criado em 2015 para que a companhia impulsione novos relacionamentos com talentos emergentes no ecossistema de startups, trazendo novas ideias que melhorem o mundo dos pagamentos.

O processo de seleção vai até o dia 31 de março, e está com inscrições abertas neste link. As cinco startups aprovadas poderão receber até R$ 235 mil cada uma em tecnologias e serviços profissionais.

Segundo Percival Jatobá, Vice-presidente de produtos da Visa do Brasil, o plano da empresa com o Track é buscar parceiros que ajudem a companhia a ser ser tão bem sucedidos no mundo digital quanto no físico.

“O Visa Everywhere Initiative é a forma que encontramos para integrar essa nova mentalidade da comunidade de startups com o plano digital da Visa. Queremos parceiros inovadores que façam a diferença”, declarou Jatobá.

As startups escolhidas passarão por períodos de imersão, bootcamp e elaboração de estratégias, recebendo acesso ao conteúdo, às práticas, aos estudos de casos da GSVlabs e a uma rede de 170 mentores da comunidade Global Silicon Valley.

Por fim, quando o programa de aceleração for concluído, as startups terão a chance apresentar seu pitch para um comitê nomeado pela Visa, Kyvo e GSVlabs no Demo Day, que deve acontecer em outubro de 2017.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.