Startup lança serviço de táxi para crianças desacompanhadas

Por Rafael Romer | 07 de Fevereiro de 2017 às 16h48

A startup paulistana FemiTaxi começou a disponibilizar nesta semana seu novo serviço voltado para o transporte de crianças desacompanhadas.

Criada há dois anos, a startup surgiu da demanda de mulheres que preferiam fazer corridas apenas com outras taxistas mulheres, mas passou a ouvir de suas próprias motoristas que o serviço era frequentemente usado por mães para transportar seus filhos sozinhos nos táxis.

Para atender à demanda com mais segurança, a FemiTaxi selecionou então sete das mais bem avaliadas taxistas do app, que começarão a atender exclusivamente crianças a partir desta semana. "Todas as taxistas são de nossa confiança e vieram aqui pessoalmente fazer um trainamento", comentou Charles-Henry Salem, CEO da FemiTaxi. A expectativa é que mais taxistas sejam treinadas conforme a demanda pela modalidade aumentar.

Além das motoristas especialmente treinadas, responsáveis também poderão acompanhar o trajeto percorrido em tempo real via aplicativo e através de um streaming de vídeo privado, gravado ao vivo a partir da própria câmera frontal do smartphone da motorista. A transmissão é disponibilizada através do serviço não-listado do YouTube e é tem resolução restrita a 240p, o que evita quedas de sinal.

O serviço poderá ser utilizado por crianças de sete a dezessete anos e, além do valor normal de uma corrida de táxi, terá um custo extra de R$ 15,50 –, mas uma redução no montante já está sendo estudada pela companhia. Nessa modalidade, as corridas também poderão ser pagas apenas via cartão no aplicativo e devem ser agendadas com, no mínimo, meia hora de antecedência.

Por ora, o serviço estará disponível apenas na cidade de São Paulo, onde a frota total da FemiTaxi inclui mais de 160 motoristas. Nos próximos dois meses, a empresa tem planos para lançar o transporte de crianças também em Belo Horizonte, onde já tem mais de 75 taxistas cadastradas.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.