PicoBrew arrecada US$ 10,6 mi para fabricar máquinas que fazem cerveja

Por Redação | 05.05.2016 às 12:21

A PicoBrew, empresa de Seatlle que produz máquinas de fabricação de cervejas para amadores, continua arrecadando grandes investimentos financeiros. Agora, a companhia conseguiu angariar US$ 10,6 milhões da Spring Creek Investment Management, escritório que investe em agricultura, alimentos e outros setores relacionados. Com o número, o financiamento total da PicoBrew já ultrapassou os US$ 15 milhões.

A companhia foi fundada por dois ex-funcionários da Microsoft, que estabeleceram um plano de crescimento interessante, mesmo com uma equipe bastante reduzida. São 33 funcionários até o momento, e a expectativa é realizar outras 20 contratações até o final do ano.

A startup já existe há seis anos e, com o capital levantado, melhorará o desenvolvimento de seus produtos, que têm como objetivo a produção de cervejas de forma automática. Os protótipos são bastante semelhantes às máquinas de café, sendo considerados como parte do primeiro sistema de produção de cerveja totalmente automático do mundo.

A primeira máquina da PicoBrew foi a Zymatic, que teve mais de 1.200 unidades vendidas e arrecadou US$ 660 mil em sua campanha inicial no Kickstarter. Já no final do ano passado, a startup iniciou uma campanha para uma versão menor, mais simples e mais rápida, a Pico.

Por ser uma máquina mais fácil de usar do que a Zymatic, o objetivo do produto é conquistar cervejeiros amadores, e o projeto parece ter dado certo. As máquinas vendidas durante a campanha já começaram a ser entregues, e a arrecadação ultrapassou a marca de US$ 1,4 milhões no Kickstarter.

O funcionamento da Pico é bastante simples, pois os ingredientes necessários para a produção das cervejas já vêm embalados. Assim, tudo o que o usuário deve fazer é colocar água, acrescentar as combinações de ingredientes e pressionar em um botão. Pronto, o restante do trabalho fica por conta da máquina.

Para criar uma comunidade onde os usuários da marca possam interagir, a PicoBrew criou uma plataforma em que é possível compartilhar as combinações das cervejas produzidas, e o mais interessante disso é que os fabricantes podem ganhar royalties em cima das vendas de suas receitas.

Fonte: GeekWire