Mais de 1.000 vagas estão abertas em startups brasileiras

Por Redação | 13 de Julho de 2016 às 22h40
photo_camera Divulgação

Mesmo diante da grave crise econômica que assola o país, e do enorme número de desempregados, as startups de tecnologia parecem estar imunes. De acordo com um levantamento feito pela Gama Academy, existem, pelo menos, mil vagas de emprego em companhias iniciantes brasileiras. Vale destacar que a pesquisa foi feita com base em 149 companhias, e que, portanto, o número de postos em aberto deve ser bem maior.

Segundo os resultados, a maioria das vagas em aberto está em São Paulo, com 409 oportunidades, incluindo companhias como o site de imóveis Viva Real, o 99 Táxi e o aplicativo de entregas Loggi. Em seguida aparece Belo Horizonte, com 87 vagas, Florianópolis, com 71, e Curitiba, com 36. Vale notar que essas são as quatro cidades que mais têm apresentado demanda por novos produtos e serviços.

Entre os postos em aberto, as startups estão em busca, principalmente, por desenvolvedores web, profissão responsável por 46% das vagas. De acordo com Guilherme Junqueira, cofundador da Gama, é comum que as companhias deixam vagas em aberto no setor, mesmo que não haja demanda imediata, para que, caso seja necessário, a contratação seja feita rapidamente.

Para além dos desenvolvedores, outros profissionais procurados são os de venda e relacionamento com cliente, marketing digital, operações, financeiro e administrativo: “A estimativa é que cada empresa tenha, na média, duas vagas em aberto”, diz Junqueira.

Fonte: Valor Econômico

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.