Elo lança programa para startups que desenvolvem tecnologia 100% brasileira

Elo lança programa para startups que desenvolvem tecnologia 100% brasileira

Por Claudio Yuge | 03 de Agosto de 2022 às 18h20
Elo

Precisa dar um gás nas suas ideias e catapultar o sucesso de sua startup? Aqui está uma oportunidade interessante: a empresa de pagamentos Elo lançou esta semana um programa de apoio à inovação aberta para startups que desenvolvem tecnologia 100% brasileira.

A premissa do Elo Conecta é gerar soluções que envolvem criptoativos, metaverso, blockchain, data analytics, cyber segurança e DeFis (finanças descentralizadas) que tenham o potencial de melhorar a eficiência e a segurança das transações financeiras de milhões brasileiros e construir novos fluxos de pagamentos em diferentes setores da economia.

Segundo a companhia, a intenção é estabelecer um novo programa de relacionamento com startups em estágio inicial. Para ajudar os empreendedores a dar o próximo passo em seus negócios, o Elo Conecta oferece networking com potenciais clientes, parceiros e conexões de mercado; mentorias específicas para maturidade da do projeto; e pitch days (avaliações de projetos) com feedbacks de especialistas do setor e com o time Elo.

Além disso, o programa oferecerá um selo de reconhecimento para apoiar os participantes na abertura de novas portas no mercado e expansão de networking, e as startups selecionadas terão a possibilidade de desenvolver negócios e se tornarem parceiros da Elo.

Como faço para participar do programa de inovação para startups Elo Conecta?

O Elo Conecta receberá inscrições pelo seu site ao longo de todo o segundo semestre de 2022, com uma equipe que fará o relacionamento das startups, combinando o negócio inscrito e as teses que a empresa está interessada em explorar.

Os empreendedores selecionados serão avaliados pelos especialistas da Elo, que então vão decidir pela aprovação. A companhia adianta que poderá fazer chamadas específicas, já que o mercado, que está em constante mudança, pode abrir oportunidades para algum dos projetos inicialmente cadastrados e que podem não ter sido convocados nas primeiras vezes.

Para saber mais, basta acessar o site.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.