Senado aprova projeto de isenção de impostos para startups

Por Redação | 29.05.2013 às 11:10

A Comissão de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) do Senado acaba de aprovar um projeto de visa garantir isenção de impostos para pequenas e médias empresas na área de tecnologia. Para ser sancionado, o texto ainda deve seguir para a aprovação da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e, só então, seguir para a Câmara dos Deputados. As informações são da Agência Senado.

O projeto propõe a criação do Sistema de Tratamento Especial a Novas Empresas de Tecnologia (Sistenet), que concederá isenção de impostos a empresas com renda bruta trimestral de até R$ 30 mil e equipe composta por até quatro funcionários. Se os rendimentos máximos estipulados pelo governo não forem ultrapassados, a proposta prevê a concessão de isenção fiscal para as startups por até quatro anos.

"Essas empresas iniciantes e inovadoras são fruto das iniciativas de jovens que transformam boas ideias em negócios lucrativos", afirmou o senador José Agripino (DEM-RN), autor do texto. O senador ainda ressaltou que empresas em estágios iniciais têm muita dificuldade para se consolidar no mercado e que este é o principal desafio dos empreendedores.