Qualcomm detalha competição internacional para startups QPrize 2014

Por Rafael Romer | 13.02.2014 às 16:23

A Qualcomm detalhou nesta semana como será a quarta edição da competição internacional de investimento de risco QPrize, promovida pelo braço de investimento da empresa, a Qualcomm Ventures. O objetivo da competição é financiar e apresentar ao mercado startups de tecnologia que ainda estejam em estágio inicial, mas com soluções com alto potencial de investimento.

"O que nós queremos fazer é ter uma ideia de o que as startups estão fazendo, para onde elas estão olhando. Porque elas são a primeira linha de inovação", afirmou o Vice Presidente Sênior de Investimentos e Inovação da Qualcomm Ventures, Nagraj Kashyap, presente no Brasil para divulgação da competição. "Então nosso foco é encontrar companhias saudáveis e inovadoras que possam retornar algum valor estratégico para a Qualcomm".

O concurso selecionará sete startups, uma de cada local na qual a Qualcomm Ventures opera, que serão consideradas as vencedoras regionais. Cada uma delas receberá um investimento de US$ 100 mil da Qualcomm. Elas participarão de eventos regionais, nos quais terão acesso a potenciais investidores, mídia e poderão trocar experiências entre si. Em seguida, será escolhida uma vencedora na etapa final da competição, em São Francisco, que receberá um prêmio adicional de US$ 150 mil.

Além dos financiamentos realizados pela Qualcomm, as empresas também terão a chance de entrar em contato com outros players do ecossistema para levantamento de mais capital. De acordo com a companhia, 38% das empresas que participaram da edição passada da QPrize levantaram algum capital extra, além do disponibilizado pela Qualcomm. No total, as companhias que participaram das três edições anteriores do QPrize conseguiram US$ 87 milhões em capital subsequente à premiação.

As inscrições para o prêmio começaram em janeiro, mas seguem até 18 de abril, e poderão ser feitas através do site da competição. O site está temporariamente fora do ar, após ter sofrido um ataque hacker nesta semana, sobre o qual a Qualcomm não deu mais detalhes. Podem participar da premiação investidores das oito regiões ou países nos quais a Qualcomm Ventures está atualmente: América do Norte, América Latina, Europa Ocidental e Oriental, China, Índia, Israel e Coreia do Sul.

Não há restrições em relação à temática da solução proposta pela startup que quiser se inscrever, que pode ser das áreas de hardware e infraestrutura, software e plataformas, consumer, dispositivos ou saúde. Mas o curso restringe a participação a empreendimentos que já levantaram no máximo US$ 2 milhões em investimentos. De acordo com Kashyap, também há um interesse mais forte em soluções que envolvam de alguma forma tendências de mobilidade.

A Qualcomm Ventures começou sua operação nos Estados Unidos em 2000. No Brasil, o braço de investimento está oficialmente ativo desde 2012 e investe atualmente em três startups locais: a 99Taxis, a Zoop e a Emprego Ligado. De acordo com a empresa, um quarto investimento deverá ser anunciado até o fim deste mês.

Qualcomm Qprize

Vice Presidente Sênior de Investimentos e Inovação da Qualcomm Ventures, Nagraj Kashyap, está no Brasil para divulgar o prêmio de inovação da empresa (Foto: Rafael Romer/Canaltech)