Você consegue imaginar como um designer gráfico trabalhava antes do Photoshop?

Por Redação | 24 de Julho de 2015 às 08h18

Para toda uma geração de designers, o Photoshop é parte básica da profissão. Afinal, como é possível trabalhar sem todas as ferramentas que o programa oferece? Tudo está ali, a apenas um clique de distância, e não há complicação alguma na hora de escolher um tipo de fonte ou de mesclar diferentes imagens para criar algo novo.

No entanto, nem sempre foi assim. A profissão do designer gráfico não nasceu com a suíte da Adobe e, antes que a empresa lançasse aquele que viria a ser a salvação de todo artista digital, o método de trabalho era bem diferente e muito mais complicado do que estamos acostumados a ver em agências e escritórios. Mas você tem ideia de como era um mundo sem Photoshop?

Para comemorar os 25 anos do programa, o canal lynda.com decidiu relembrar esses dias sombrios e como era trabalhar na base da régua, tesoura e muito lápis correndo sobre a prancheta.

E o que chama a atenção logo de início é exatamente a grande quantidade de ferramentas que o designer precisava ter em mãos para executar algo relativamente simples. Se hoje temos tudo agrupado em uma única barra lateral que faz com que qualquer problema possa ser resolvido em questão de minutos, há pouco mais de duas décadas tudo era mais complicado e demorado. Por conta desse número exagerado de lápis, canetas e demais acessórios, uma única imagem levava horas para ser finalizada e uma página não era diagramada em menos de um dia.

Apenas para ter uma ideia, as linhas-guia que são tão usadas no Photoshop e que ajudam o designer a ter uma noção melhor de alinhamento dos seus objetos eram um martírio a parte na “era analógica”. Como era preciso fazer esses traços a partir de uma régua, eles levavam muito mais tempo para serem feitos e ainda corriam o risco de ficarem tortos, comprometendo todo o trabalho.

Apresentado pelo professor da Art Center College of Design, Sean Adams, o vídeo não apenas detalha todo o longo processo como ainda traz algumas curiosidades sobre cada procedimento e como isso foi transportado de maneira muito mais simplificada para os computadores. Sabe quando você cria uma máscara para recortar um objeto? Pois, no modo manual, isso era um verdadeiro pesadelo para o designer.

O mesmo pode ser dito da inserção de textos. O Photoshop traz uma série de atalhos que tornam o que já era fácil ainda mais simples e, como se não bastasse, ainda possui uma galeria gigantesca de fontes que podem ser alteradas em apenas alguns segundos. Já no papel, isso era algo que levava um dia inteiro — isso quando era feito às pressas.

Assim, o vídeo acima não é apenas uma ótima forma de celebrar a existência desse programa que revolucionou o método de trabalho de muita gente como uma forma de agradecer a Adobe por tornar a vida de todo mundo muito mais fácil.

Via: Lynda.com (YouTube)

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.