Uso da Siri cai desde o ano passado, mas gosto pela Cortana e Alexa aumenta

Por Redação | 11.07.2017 às 15:49

Apesar de ainda ser a assistente mais popular em dispositivos móveis, a Siri vem sendo usada por um número menor de pessoas desde o ano passado. São 41,4 milhões de usuários ativos contando com a assistente da Maçã todos os meses, mas seu uso caiu 15%. Do outro lado, os usuários da Alexa, da Amazon, e da Cortana, da Microsoft, estão pegando um gosto cada vez maior pelas assistentes concorrentes.

As informações fazem parte de um estudo feito pela Verto Analytics, que mostrou que a adesão à Alexa cresceu 325% no mesmo período com relação ao número de usuários ativos, sendo que o aumento do uso de quem já contava com o auxílio desta assistente foi de 22%. Quanto à Cortana, os usuários de dispositivos Microsoft mostraram um aumento de 350% em seu uso, com aumento de engajamento de 60%.

O estudo contou com informações de 20 mil usuários dos Estados Unidos entre maio de 2016 e maio de 2017, e também descobriu que o uso da S-Voice, da Samsung, caiu junto com o da Siri. A empresa também monitorou quais aplicativos os usuários abrem por meio das assistentes, e descobriu que esses apps costumam ser o Chrome, Google Maps e Play Store, além do Facebook, Messages (da Apple) e Safari.

Ainda segundo o levantamento, as pessoas costumam contar com a ajuda dessas assistentes em maior volume entre as 10h da manhã e as 13h, também registrando um aumento entre as 14h e as 19h. Ou seja, os usuários acabam apelando para elas nos horários em que costumam estar mais atarefados nos seus trabalhos. Além disso, mulheres tendem a pedir tarefas para as assistentes de seus dispositivos mais vezes do que os homens, representando 54% da base de usuários.

Além de mulheres, outro grupo de pessoas que tem usado bastante as assistentes móveis são os mais velhos, com mais de 45 anos. Uma senhora de 52 anos apareceu como a “heavy user” de sua assistente, tendo gastado, em média, 1 hora e meia por mês nessa função.

Fonte: TechCrunch