Uber testa no Brasil sistema de cores que ajuda motoristas a encontrar usuários

Por Felipe Demartini | 30 de Outubro de 2019 às 12h45
Unsplash
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

A Uber inicou os testes de uma nova funcionalidade que deve facilitar o encontro entre motoristas e usuários, principalmente durante a noite ou em locais de grande circulação. Chamada de LED, a nova ferramenta exibe uma cor em toda a tela do smartphone, que deve ser exibida em direção à rua para facilitar a localização. O experimento acontece com usuários selecionados de cinco cidades: Brasília, Recife, Salvador, Vitória e Campinas.

Quando o recurso é ativado pelo cliente, por meio de um ícone no canto inferior direito da tela, o motorista também recebe uma notificação sobre qual cor deve procurar. Logicamente, tons diferentes serão atribuídos a cada passageiro em locais onde muitos deles estiverem esperando carros, no que pode ser uma mão na roda em saídas de shows e grandes eventos, onde o trânsito é intenso e existem muitas chamadas sendo feitas de uma só vez.

Novo recurso do Uber exibe cor em toda a tela do smartphone para facilitar localização de passageiros pelos motoristas (Imagem: Divulgação/Uber)

O uso da função omite o mapa que indica o caminho do motorista, mas continua exibindo as informações como modelo e placa do carro, de forma a garantir que os passageiros embarquem nos veículos corretos. A utilização, também, é opcional, sempre cabendo ao passageiro selecionar se deseja usar ou não o recurso.

De acordo com Guilherme Nazar, diretor de operações da Uber no Brasil, a ideia é aproveitar um recurso que já está nas mãos do usuário, o próprio celular, para facilitar o encontro com os motoristas. Além de locais de grande circulação, ele também cita ruas pouco iluminadas como espaços em que a ferramenta será útil, afinal de contas, a luz dos faróis pode ofuscar o cliente e dificultar que ele enxergue o modelo e placa dos veículos que se aproximam.

Os testes em andamento não têm data para serem finalizados, da mesma forma que aconteceu em outras praças internacionais onde a Uber experimentou o recurso. Também não se sabe quando - nem se - ele será aplicado a todos os usuários brasileiros de forma definitiva.

Fonte: Uber

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.