Possível sucessor do Android, Fuchsia chegará primeiro a speakers inteligentes

Por Redação | 19 de Julho de 2018 às 21h50
photo_camera Google
TUDO SOBRE

Google

Desde 2016, quando o projeto conhecido como Fuchsia se tornou público, uma centena de engenheiros da Google vêm mantendo em segredo todo o trabalho realizado com o que deve se tornar o sistema operacional sucessor do Android. E nesta quinta-feira (19), um relatório publicado pela Bloomberg mostra que os engenheiros têm planos de implementar o software nos próximos três anos, começando por equipamentos da internet das coisas, como alto-faltantes inteligentes, por exemplo. A previsão é que o Fuchsia chegue aos laptops somente a partir de 2023.

Segundo as informações, a equipe considera, no longo prazo, alimentar todos os dispositivos da Google com o novo sistema, incluindo os smartphones da linha Pixel e os speakers inteligentes da linha Google Home, além de dispositivos de outras marcas que atualmente operam com Android e Chrome OS. Tudo indica que o novo software será projetado para superar e reparar as deficiências do Android, com foco em comandos de voz e atualizações de segurança mais frequentes.

Desde que foi oficialmente divulgado no ano passado por Dave Burke, vice-presidente de engenharia da Android, essa é a primeira vez que se tem informações mais consistentes sobre o Fuchsia. A Google ainda prefere manter o sigilo e não quer soltar informações oficiais tão cedo sobre o projeto, que ainda é considerado “um dos muitos projetos experimentais de código aberto” da empresa.

Para os mais curiosos e ansiosos, existe um também o site que permite uma "espiadinha" no Fuchsia; mas o que você vai ver é basicamente a imagem abaixo, com poucas possibilidades de interação, até o momento.

Tela inicial mostra um relógio central. Detalhe (em vemelho) para botão de desbloqueio (Foto: Captura)

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Business Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.