Office ganha integração com o Google Drive

Por Redação | 22 de Julho de 2015 às 12h59

Mais um passo da integração entre o Office e as tecnologias online foi dado nesta semana, mas desta vez, a responsável por isso não foi a Microsoft. O Google liberou nesta terça-feira (21) um plug-in que permite o acesso e salvamento de documentos do Word, Excel e PowerPoint diretamente no Drive, facilitando o trabalho de quem utiliza as duas plataformas.

O software foi liberado pela própria gigante das buscas e precisa ser baixado e instalado pelo próprio usuário. Após isso, na próxima vez que ele abrir qualquer um dos softwares, deverá passar por um processo de autenticação que solicita as credenciais da conta do Google, de forma que o programa possa efetivamente acessar os documentos disponíveis na nuvem. Depois, tudo está pronto para utilização.

Google Drive for Office

A novidade funciona como um suplemento para os programas do pacote Office. Em testes realizados pelo Canaltech, deu para sentir um pouco de lentidão na abertura do Word e do Excel, mas isso aconteceu apenas na primeira vez em que os aplicativos foram executados com o plug in. Na sequência, o funcionamento voltou ao normal e a instalação não interferiu em nada no funcionamento dos aplicativos.

Ao contrário do que acontece quando se trabalha diretamente no Google Drive, claro, a alteração dos arquivos presentes na nuvem não é salva em tempo real, exigindo que o usuário faça isso manualmente para que as atualizações tenham efeito. Além disso, não é possível colaborar simultaneamente com vários usuários a partir do Office, com essa função estando presente apenas na versão online do serviço.

Além disso, a função parece ser efetivamente útil apenas para salvamento de arquivos. Caso o usuário peça para que um documento salvo no Drive seja aberto, o processo não vai acontecer no próprio Office, e sim, em uma janela do navegador padrão do sistema. Dessa maneira, o plug-in para a suite de aplicativos acaba funcionando mais como um atalho – e uma nova maneira de o Google fomentar o uso de seus serviços – do que como uma adição efetiva.

Ainda assim, vale para quem, muitas vezes, precisa mudar de dispositivo por qualquer motivo. Mesmo não sendo capaz de efetivamente abrir os arquivos, o Office é capaz de salvá-los na nuvem, o que facilita a tarefa de acessá-los via Drive mais tarde, quando o trabalho for retomado em celulares, tablets ou outros equipamentos.

Fonte: Google

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.