Office 2016 agora oferece 5 anos de integração a serviços na nuvem da Microsoft

Por Redação | 26 de Abril de 2017 às 17h20

A Microsoft está mudando novamente a forma como negocia o Office com seus clientes. Principal suíte de aplicativos de produtividade do mundo, o pacote que conta com Word, Excel, PowerPoint e várias outras aplicações agora oferece também acesso aos serviços na nuvem para quem comprar uma licença vitalícia.

Até agora, apenas os assinantes do Office 365 podiam usufruir de tal recurso. Esta modalidade mais recente de comercialização apresentava uma alternativa à compra da licença, como era padrão até então. Assim, os usuários pagam um valor mensal ou anual e usufruem de todos os seus benefícios durante a vigência da assinatura. Entre estes extras estavam o acesso direto aos serviços da Microsoft na nuvem, como o OneDrive.

Entretanto, quem adquiria o formato mais tradicional do Office, por exemplo comprando uma licença de uso do programa, não contava com este recurso de integração aos serviços virtuais da companhia. A partir de agora, quem comprar uma licença perpétua, contará com tal integração durante o período de cinco anos, exatamente o tempo de suporte oficial que uma versão do Office possui.

Somente até 2020

Tudo isso significa que, quem já adquiriu uma licença vitalícia do Office 2016, poderá conectar a suíte aos serviços de nuvem da Microsoft apenas até o dia 13 de outubro de 2020, quando a versão completa cinco anos desde o seu lançamento. Contudo, a grande revelação aqui é que, a partir desta data, a MS vai comercializar apenas a versão Office 365 ProPlus.

“A Microsoft também informa a base de clientes do Office que, a partir de 13 de outubro de 2020, o Office 365 ProPlus será o único cliente atualizado e com todos os recursos capaz de se conectar aos serviços do Office 365”, informa a especialista em Microsoft Mary Jo Foley. “Qualquer pessoa usando uma licença perpétua do Office não terá todos os recursos disponíveis para os usuários do Office 365 ProPlus.”

Vale lembrar, porém, que o Office 2016 continuará funcionando normalmente após o dia 13 de outubro de 2020. O que acontece, apenas, é que ele deixa de receber suporte oficial por parte da Microsoft e também não será possível conectá-lo aos serviços da nuvem oferecidos pela empresa.

Via Digital Trends

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.