O que é a tecnologia ACR e por que ela estará presente na vida de todos nós

Por Cesar Sponchiado | 17 de Março de 2020 às 07h48
Reprodução

"Hey, Siri, vai chover hoje?" Quando você se comunica com algum dispositivo como a Siri no seu celular ou a assistente Alexa na sua casa, você está utilizando a tecnologia ACR (Automated Content Recognition), sigla em inglês para Reconhecimento Automático de Conteúdo. Apesar de usarmos essa tecnologia em parte dos nossos aplicativos, a promessa é que ela esteja ainda mais presente nas nossas ações daqui para frente, sendo a forma mais usual de estabelecermos comunicação com máquinas e robôs, por exemplo.

O ACR funciona como um "decodificador" de conteúdos em áudio, vídeo e imagem. A partir de técnicas como Fingerprinting e Speech To Text, é possível reconhecer um áudio ou vídeo específico que está sendo veiculado (uma propaganda, por exemplo) ou determinar qual assunto está sendo falado na TV.

A chegada do ACR, em 2011, com o aplicativo Shazam, decodificador de música, chamou a atenção da indústria televisiva e acabou sendo um divisor de águas no mercado de marketing, que investe cada vez mais na busca por dados específicos para a produção de campanhas mais bem sucedidas.

Nos EUA alguns fabricantes de TVs conectadas, em parceria com empresas especialistas em ACR, usam a solução para oferecer aos anunciantes dados mais detalhados sobre o impacto de uma determinada campanha. É o caso das empresas Samsung e Vizio, que já contam com a inovação embutida nos seus produtos.

Com os dados dos consumidores em mãos - autorização opt-in -, as empresas conhecem melhor os hábitos de consumo e entregam produtos e serviços que conversam com as preferências de cada um dos usuários. Inclusive, é possível entender de que forma ele interage com o funil de vendas.

No Brasil, o ACR já abre caminho para novos negócios na comunicação. Por meio de plataformas de Moment Marketing, é possível fazer uso dessa tecnologia para entender o que está acontecendo na TV e ativar gatilhos de interação com os seus consumidores, conectando conversas entre os universos off e online em tempo real.

De acordo com uma pesquisa realizada pelo Ibope, em 2019, sobre o alcance dos conteúdos de TV e a relação existente com o online, mostrou que quase 90% das pessoas assistem televisão com um smartphone em mãos. Além disso, o estudo revelou que as pessoas que assistem um comercial na TV estão 32% mais propensas a consumir aquele produto e 30% dos espectadores que se deparam com uma propaganda e têm interesse, pesquisam na internet. De longe, o dado mais interessante da pesquisa conclui que fazer uma campanha sincronizada com a TV aumenta sua efetividade em até 370%.

Com tantas transformações no ambiente da comunicação, impulsionadas a partir das novas tecnologias, ACR vai ganhar mais espaço por oferecer um elevado grau de sofisticação e gerar dados e insights com velocidade e acuracidade muito expressivos. É uma solução que tem o potencial de impulsionar muita inovação e, se hoje ainda não ouvimos muito sobre, no futuro conheceremos todas as suas potencialidades.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.