Nvidia deixará de produzir drivers para sistemas operacionais 32 bits

Por Redação | 26 de Dezembro de 2017 às 08h21

Usuários de Linux, FreeBDS e Windows (7, 8, 8.1 e 10) em 32 bits em breve terão outro motivo para migrarem para a versão 64 bits: a Nvidia deixará de oferecer suporte aos sistemas operacionais em questão. O último pacote de drivers, de versão 390, com suporte a tais sistemas tem previsão de lançamento para janeiro.

Os drivers de segurança para 32 bits receberão atualizações por pelo menos mais um ano, todavia todos os novos recursos, aprimoramentos de desempenho e suporte para hardware irão exigir que o usuário utilize tanto o sistema operacional quanto os drivers de 64 bits.

Cada vez mais os motivos para que os usuários permaneçam utilizando Windows 32 bits se tornam escassos, já que o SO de 64 bits conta com maior segurança e seus aplicativos são executados com mais velocidade – isto sem falar nas restrições e problemas dos softwares de 32 bits e o suporte a seus devidos drivers.

O legado de compatibilidade do PC torna-se cada vez mais difícil de ser manuseado com o tempo com a perda de suporte dos drivers. A cajadada final deve acontecer em 2020, quando a Intel pretende eliminar a compatibilidade do BIOS com o firmware, tornando impossível inicializar todos os sistemas operacionais de 16 bits (e quase todos os 32 bits) nos hardwares modernos.

Entenda a diferença entre Windows 32 e 64 bits.

Fonte: Ars Technica

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.