Levantamento mostra que Windows 10 já passa de 50% de presença de mercado

Por Rafael Arbulu | 02 de Setembro de 2019 às 14h21
Tudo sobre

Microsoft

Saiba tudo sobre Microsoft

Ver mais

Demorou, mas o Windows 10 finalmente atingiu o patamar de 50% de presença de mercado (market share) em computação pessoal. Segundo levantamento da Net Applications, o sistema operacional mais recente da Microsoft agora tem a marca de 50,99% de instalação nos aparelhos — em miúdos, isso significa que, de cada 10 computadores pessoais, pelo menos cinco têm o Windows 10 embarcado.

A marca é celebrada pela Microsoft, mas é importante ressaltar que ela veio bem atrasada em relação às intenções originais da empresa: em 2015, ela afirmou esperar que um bilhão de dispositivos adotassem o sistema operacional “em dois ou três anos”. Recentemente, a Microsoft reduziu essa meta.

O Windows 10 teve uma enorme adoção na ocasião de seu lançamento, devido à sua gratuidade para quem o instalasse a partir do Windows 7 e 8.1. Tal oferta expirou em julho de 2016, o que desacelerou a penetração do sistema operacional no mercado.

(Gráfico: Net Applications)

A plataforma também elucidou mais alguns números do levantamento: o Windows 10 tinha 48.86% de presença de mercado em julho, ampliando esses números para os 50,99% atuais em agosto. O Windows 8 permaneceu igual, com 0,63%, ao passo que o Windows 8.1 teve queda de 0,91%, fechando agosto com presença de mercado de 4,20%. Já o Windows 7 caiu 1,49%, estacionando na marca de 30.34%. É provável que a notícia do fim do suporte da Microsoft ao sistema operacional tenha impactado nessa diminuição.

Já no índice geral, avaliando plataformas concorrentes, a Microsoft ainda é hegemônica, com 87,89%. Entretanto, esse valor é resultante de uma queda de 0,56% em relação à medição anterior. O macOS, da Apple, teve aumento de 0,7% (ficando em 9,68%) e o Linux caiu 0,38% para a marca de 1,72%.

A pesquisa da Net Applications capturou dados de 160 milhões de visitantes únicos por mais de 40 mil páginas relacionadas a seus clientes.

Fonte: Net Applications

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.