Huawei cria alternativa ao Android caso seja banida dos EUA

Por Felipe Ribeiro | 14 de Março de 2019 às 17h50
Huawei
Tudo sobre

Huawei

Saiba tudo sobre Huawei

Ver mais

A Huawei e os EUA estão longe de encerrar sua briga. Na semana passada, a gigante chinesa anunciou que entrou com uma ação contra o governo norte-americano por uma proibição “inconstitucional” de seus produtos. Enquanto isso, no início desta semana, os EUA ameaçaram a inteligência alemã sobre o uso do país dos produtos Huawei 5G.

Diante deste cenário, a Huawei começou a se preparar para uma interrupção nas relações construindo sua própria alternativa interna ao Android. A ideia veio do chefe do departamento mobile da Huawei, Richard Yu, após um ano de rumores sobre um sistema operacional móvel proprietário.

“Preparamos nosso próprio [sistema operacional]; se descobrirmos que não podemos mais usar o Android, estaremos prontos e teremos nosso plano B ”, disse o executivo, em entrevista ao TechCrunch. A Huawei começou a desenvolver o software depois de uma proibição dos EUA à ZTE. O uso de software e hardware de empresas dos EUA, como a Google e a Qualcomm, em smartphones chineses, levou ao aumento das tarifas em ambos os lados.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além das preocupações quanto aos laços com o governo chinês, a Huawei também foi atingida por seu suposto contorno das tarifas no Irã. Isso levou a diretora financeira da empresa, Meng Wanzhou, a ser presa no Canadá. Apesar de tudo isso, a empresa só cresce no que diz respeito a números de vendas de smartphones em todo o mundo, e ameaça gigantes como Samsung e Apple.

Fonte: TechCrunch

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.