Google quer melhorar interação entre seres humanos e inteligência artificial

Por Redação | 11 de Julho de 2017 às 06h46

Apesar dos grandes avanços, a Inteligência Artificial ainda precisa de ajustes para lidar melhor com os seres humanos. Quem nunca ficou irritado ao perguntar alguma coisa para a Siri e não receber a resposta esperada?

Pensando na otimização da interação com as máquinas, a Google anunciou nesta segunda-feira (10) um novo projeto. Batizada como PAIR (People + AI Research), a iniciativa será liderada por dois analistas de dados, Fernanda Viégas e Martin Wattenberg.

Para dar conta de melhorar esse relacionamento, os pesquisadores estão interessados em estudar as expectativas das pessoas sobre o que os sistemas de IA podem ou não fazer - e como os próprios assistentes virtuais podem ser projetados para não decepcionarem os seres humanos. "Uma das questões de pesquisa é como você redefine as expectativas de um usuário sobre a forma com que eles estão interagindo com um assistente virtual", explicaram.

Visando os objetivos, o novo projeto buscará soluções para três tipos de usuários de sistemas de inteligência artificial: engenheiros e pesquisadores da área, profissionais especializados que podem utilizar a tecnologia (médicos, músicos ou designers) e usuários comuns – ou seja, aqueles que querem mais funcionalidades para assistentes virtuais, carros autônomos e casas inteligentes.

Inicialmente, a Google já disponibilizou duas ferramentas para treinar computadores com grandes quantidades de dados aos desenvolvedores, mas ainda não há detalhes sobre o rumo do trabalho. "Acreditamos que a inteligência artificial pode ir muito mais longe – e ser mais útil para todos nós – se construirmos sistemas pensando nas pessoas logo no início do processo", concluíram Viégas e Wattenberg.

Via Wired

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.