Futuro: sua assistente virtual poderá entender seus sentimentos

Por Leandro Souza | 15.09.2016 às 15:55

Atualmente, assistentes virtuais em dispositivos móveis já são uma realidade. Softwares como Siri, da Apple, e Cortana, da Microsoft, já são capazes de cuidar de sua agenda, ser seu despertador, entre outras funcionalidades. Entretanto, o próximo desafio dos desenvolvedores é fazer com que elas entendam os sentimentos do usuário.

A SRI International, laboratório onde nasceu a Siri, está trabalhando em novas capacidades de inteligência artificial, capazes de notar o estado emocional do humano com o qual o sistema está interagindo e tomar a melhor postura neste caso.

A nova tecnologia se chama SenSay Analytics e foi programada para sentir determinados padrões alterados de emoção, como anomalias na velocidade de digitação, tom de voz, expressões facionais e de movimento. A partir disso, as assistentes virtuais podem se adequar ao estado do usuário. Por exemplo, caso o usuário esteja confuso, a assistente pode assumir um tom calmo e explicativo para não atrapalhar.

Entretanto, dá pra esperar sentado a chegada destas tecnologias ao consumidor final. O laboratório ainda está em estágio preliminar com suas pesquisas. Mesmo assim, estes avanços da SRI podem contribuir significativamente na relação do homem com a máquina.

Via:

Business Insider