Engenheiro oferece US$ 200 mil em recompensa para provar que MS-DOS é uma fraude

Por Redação | 09 de Agosto de 2016 às 10h49

Bob Zeidman, engenheiro e desenvolvedor de softwares de análise de códigos e copyright, está disposto a provar que a Microsoft copiou o código fonte do CP/M, sistema operacional lançado nos anos 70 para o microprocessador Intel 8080. Segundo os rumores que já se estendem por décadas, a companhia de Redmond teria utilizado o código do CP/M para desenvolver a primeira versão do MS-DOS para o IBM PC.

Apesar de suas constantes pesquisas e análises sobre o assunto, Zeidman ainda não conseguiu encontrar uma evidência significativa o suficiente para comprovar que o sistema operacional da Microsoft foi uma cópia. Em 2012, o engenheiro utilizou uma série de ferramentas de software criadas por ele mesmo para analisar o código do sistema. Mesmo não tendo encontrado nada relevante para o caso, Zeidman publicou os resultados do estudo em um artigo levando a Microsoft a disponibilizar uma parte do código fonte do MS-DOS para o Computer History Museum, como uma forma de provar que o sistema é autêntico.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Com os dados disponibilizados pela Microsoft, Zeidman encontrou ao menos 22 chamadas ao sistema (ações que enviam e recebem o texto de uma impressora, fax, disco rígido, etc) que teriam sido copiadas do código do CP/M. Como apenas essa descoberta não é suficiente para comprovar a culpa da Microsoft, Zeidman está oferecendo US$ 200 mil para qualquer pessoa que conseguir provar a existência de uma conexão ilegal entre ambos os sistemas operacionais.

Metade da recompensa será para quem conseguir encontrar dentro dos códigos do MS-DOS um aviso de direitos autorais com o nome de Gary Kildall, o desenvolvedor do CP/M. Os outros US$ 100 mil serão destinados a quem descobrir, através de técnicas de análises de direitos autoriais, que o MS-DOS foi construído com base nos códigos de outros sistemas operacionais.

Zeidman disponibilizou uma análise completa do código e dos documentos de apoio existentes para quem se interessar em colaborar com a "investigação" e tentar faturar o prêmio oferecido pelo engenheiro.

Fonte: The Next Web

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.