Chrome vai expor sites que carregam devagar em versão mobile

Por Felipe Demartini | 12 de Novembro de 2019 às 14h10
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Chrome está se preparando para expor, sem aliviar, os sites que não possuem páginas otimizadas para uso em celulares e outras plataformas mobile. Seguindo sua dinâmica de privilegiar a utilização nestas plataformas e criar guias de melhores práticas, o Google está experimentando a exibição de um aviso em páginas que, costumeiramente, demoram para carregar nos dispositivos móveis.

A indicação será exibida para o usuário durante o tempo necessário para abertura de uma página, indicando que aquele site “costuma carregar devagar”. O sinal da vergonha será colocado de acordo com a telemetria analisada pelo próprio Google, por meio de registros históricos de latência e levando em conta o funcionamento dos sites em diferentes aparelhos e qualidades de conectividade.

Ao mesmo tempo, as páginas que tiverem um bom índice também serão premiadas com um sutil indicador, que fará com que a barra de carregamento fique verde. A ideia, da mesma forma, é privilegiar os sites que apresentarem boas experiências para o usuário, com uma navegação otimizada e carregamento rápido em conexões móveis, onde a economia de dados e a boa configuração é essencial.

Chrome pode exibir indicação em sites que demoram para carregar, enquanto aqueles otimizados receberão barrinha verde de prêmio (Imagem: Divulgação/Google)

As novidades foram apresentadas durante um evento do Google com desenvolvedores e a empresa procura, justamente, o feedback deles, tanto sobre a maneira pela qual as indicações devem ser aplicadas e se, no final das contas, elas precisam existir. Na conferência, a companhia fez questão de deixar claro que se trata apenas de uma ideia, que ainda não funciona nem mesmo em caráter de testes, sendo experimentada apenas internamente.

Não é como se a empresa já não estivesse trabalhando nesse sentido com outras iniciativas, entretanto. Já faz algum tempo que sites com carregamento mais rápido em smartphones possuem prioridade de ranqueamento nas buscas, enquanto o uso de web apps progressivos (PWA), também um assunto da conferência da companhia com os desenvolvedores, também vem contribuindo para a otimização buscada por ela.

Oficialmente, então, nada de lançamento público da novidade. De acordo com o Google, a ideia é trabalhar em uma proposta que seja alcançável a todos os desenvolvedores e que traga uma boa experiência para o usuário, sem informações sobre uma previsão de liberação ou qualquer tipo de aplicação prática do recurso.

Fonte: Chromium Blog

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.