Vencedor de prêmio, aplicativo permite tocar música com movimentos das mãos

Por Redação | 05 de Dezembro de 2013 às 17h26

Tornar a reprodução de músicas muito mais atrativa e visualmente interessante foi a ideia da Shikumi Design com o Kagura, um aplicativo que utiliza o Kinect para a reprodução de instrumentos musicais virtuais. O software ainda está em fase de testes, mas já foi vencedor de prêmios da Intel e Microsoft dedicados à detecção perceptual, que utiliza interfaces e o corpo do usuário para gerar interação.

A ideia, em princípio, parece simples. Como dá para ver no vídeo, basta tocar no ícone de um instrumento para que o som seja reproduzido. Movimentos diferentes podem ser usados para, por exemplo, ajustar a afinação ou ativar a gravação de trechos específicos.

Mas o objetivo, segundo a empresa, é tornar o trabalho de músicos e DJs ainda mais interessante. Todos os sons são pré-programados e é possível selecionar a posição deles na tela. Sendo assim, as apresentações podem acabar se tornando performances de dança, com o usuário realizando movimentos sincronizados que ativam cada instrumento e compõem uma música completa.

De acordo com a PC World, o concurso da Intel tem o intuito de não apenas fomentar novas tecnologias, mas também revigorar o mercado de PCs, que ainda é o principal para a empresa. Sensores perceptuais são um foco cada vez maior e devem, inclusive, começar a aparecer em computadores e notebooks no futuro próximo. A própria fabricante de chips promete novidades sobre o assunto para a próxima CES, que acontece em janeiro.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.