Popular nos anos 80, MS-DOS agora tem código aberto

Por Redação | 26 de Março de 2014 às 12h50
scyther5

Foto:scyther5/Shutterstock

Quem usou os microcomputadores pessoais nos anos 80, como os primeiros PCs ou os populares MSX no Brasil, deve se lembrar bastante do sistema operacional MS-DOS, que, apesar de simplório e limitado, era muito útil e serviu de base pra tudo o que veio depois. A Microsoft, em parceria com o Museu da História do Computador do Vale do Silício, resolveu então oferecer o open-source, ou código aberto, do software. A notícia foi dada pelo VB News.

O MS-DOS foi o primeiro sistema operacional da Microsoft, comprado pela Seattle Computer Products em 1981, por US$ 25 mil. Os comandos simples e em inglês foram os embriões para o gerenciamento e criação de arquivos que levaram ao ambiente Windows e vários outros.

Além de ser algo histórico, com a abertura do código, as gerações mais novas poderão "brincar" com o MS-DOS. Quem ainda não usou o sistema, poderá compreender melhor sua importância e utilidade – ele está presente até hoje nas máquinas, devido à sua funcionalidade – e os programadores atuais poderão até mesmo deixar suas próprias contribuições ao clássico.

Assista Agora: Saiba quais são os 5 maiores problemas das empresas brasileiras e comece 2019 em uma realidade completamente diferente.

Confira o anúncio oficial na íntegra:

A IBM buscou fora da companhia vários componentes de hardware e software de seu computador pessoal em 1981. Apesar de muitos vendedores não estarem cientes sobre o projeto denominado "Chess", a IBM desenvolveu uma relação única entre a equipe sediada em Boca Raton e a Microsoft, que era então uma pequena companhia em Seattle.

A Microsoft, que estava fornecendo um intérprete da linguagem Basic, também concordou em oferecer um sistema operacional. Sem um software já pronto para o serviço, eles licenciaram um produto local da Seattle Computer Products e trabalharam em parceria com a IBM para fazer as alterações que queriam. Isso foi apresentado como "PC-DOS" para a IBM e "MS-DOS" para outros fabricantes de PC. E hoje estamos liberando o código fonte do MS-DOS versão 1.1 de 1982 e a versão 2.0 de 1983.

O Canaltech visitou o Computer History Museum em 2013. Conheça cada detalhe do espaço na série de vídeos abaixo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.