Microsoft libera Azure Mobile Services e Azure Web Sites para desenvolvedores

Por Redação | 27 de Junho de 2013 às 17h15
Tudo sobre

Microsoft

A Microsoft liberou nesta quinta-feira (27) as ferramentas Azure Mobile Services e Azure Web Sites para desenvolvedores durante sua conferência anual BUILD, que acontece até esta sexta-feira (28) em São Francisco, Estados Unidos. Os novos recursos estão disponíveis para todos os desenvolvedores móveis e web. As informações são do VentureBeat.

O Windows Azure oferece ferramentas de desenvolvimento de aplicativos e infraestrutura na nuvem e, segundo Satya Nadella, presidente da divisão de Servidores e Ferramentas da Microsoft, mais da metade das empresas listadas no ranking da revista Fortune, atualmente, utilizam o Azure de alguma forma. Só no sistema, estão armazenados mais de 8,5 trilhões de objetos.

O atual lançamento da Microsoft mostra que a empresa está realmente interessada em oferecer suporte na nuvem para aplicações móveis e na web. Mesmo com essas ferramentas estando disponíveis há algum tempo e de alguma forma, a medida indica que a companhia está centrando energias em sua expansão. O Azure Mobile Services, por exemplo, garantirá aos desenvolvedores um backend seguro e escalável para aplicativos de todos os tipos, incluindo iOS, Android, Windows Phone e HTML5. A empresa afirma que mais de 20 mil clientes já utilizam o recurso.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Já o Azure Web Sites fornece aos desenvolvedores capacidades de desenvolvimento, implantação e escala para aplicativos baseados na web. A ferramenta é mais focada em clientes corporativos que possuem aplicativos na web, e a Microsoft afirma que 130 mil aplicações web utilizam o Azure Web Sites. Muitas delas antes mesmo da ferramenta ser lançada por completo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.