Microsoft lança o pacote Office para iPad

Por Redação | 27 de Março de 2014 às 15h50
photo_camera Divulgação

Há alguns meses circulava a informação de que a Microsoft lançaria uma versão do Office para o iPad. Dito e feito: nesta quinta-feira (27), a gigante de Redmond anunciou que sua suíte de programas corporativos vai mesmo chegar aos tablets da Apple. As informações são do site The Next Web.

Disponível gratuitamente a partir de hoje na App Store, o pacote trará todas as funções que já existem na versão para computadores, incluindo os editores Word, Excel e PowerPoint, além do amrazenamento na nuvem através do OneDrive (o antigo SkyDrive). Todos os arquivos editados pelos aplicativos no iPad ficam guardados na cloud da companhia e podem ser acessados e continuados pelo PC, ou vice-versa.

Os três programas funcionam de forma integrada, ou seja, é possível transferir um arquivo entre um e outro. No Word, o internauta pode escrever, sublinhar, negritar e editar textos e palavras, ou ainda mudar o tamanho das letras e fontes. Enquanto isso, no Excel, o usuário pode criar tabelas e gráficos usando os dedos, com a possibilidade de pré-visualizá-los ao mesmo tempo em que recebe atualizações de dados na planilha.

Já no PowerPoint ele pode elaborar apresentações usando essas informações e exibí-las diretamente no iPad. O PP também permite transformar o dedo em uma caneta para apontar trechos importantes na tela (durante uma reunião, por exemplo) e ainda oferece suporte a canetas virtuais.

De acordo com Satya Nadella, CEO da Microsoft, o lançamento do Office para iPad é um passo decisivo para a empresa e marca seu investimento nos dispositivos móveis (tablets e smartphones) conectados com a nuvem. "Nosso objetivo é fazer com que tudo o que o usuário precisa esteja na nuvem para fácil acesso e melhore seu trabalho", disse. "É um caminho incrível para a inovação. O que quero focar aqui é o que nós, como uma companhia, podemos fazer de excepcional para servir nossos consumidores da melhor forma", completou. Esta foi a primeira apresentação conduzida por Nadella como presidente da Microsoft.

Vale lembrar que os apps do Office para iPad são gratuitos para leitura e apresentação, mas para criar novos arquivos e editá-los é necessário ter uma assinatura do Office 365, lançado em janeiro do ano passado. No Brasil, o serviço custa R$ 200 ao ano e, quem já possui esse pacote, pode instalá-lo em até cinco dispositivos diferentes, incluindo agora o iPad.

Segundo dados da consultoria Nomura Securities, o pacote Office registrou lucros de US$ 180 bilhões para a Microsoft nos últimos dez anos. Apenas na temporada de final do ano de 2013, o faturamento dessa divisão cresceu 10%, quando o Office se transformou em um serviço de assinaturas mas manteve sua principal tendência: sempre que alguém adquiria um computador novo, levava o pacote de aplicativos junto.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.