Microsoft integra Docker ao Windows Server e Azure

Publieditorial | 23.10.2014 às 09:57

A Microsoft anunciou nesta segunda-feira (20) que integrou a plataforma open-source Docker ao Windows Server e ao Microsoft Azure com o objetivo de assegurar melhores experiências de desenvolvimento em Linux.

O Docker é uma plataforma de código aberto que permite aos desenvolvedores e administradores construir, entregar e rodar aplicativos distribuídos a partir do Dock Engine, ferramenta leve de tempo de execução e packaging, e do Docker Hub, serviço em nuvem para compartilhamento de aplicações e automação do fluxo de trabalho.

Com o Docker, é possível criar apps mais rapidamente a partir de componentes e eliminar conflitos entre os ambientes de desenvolvimento, testes e produção.

O vice-presidente executivo do grupo Microsoft Cloud and Enterprise, Scott Guthrie, comentou as principais novidades em seu blog. São elas:

1) O Docker Engine será integrado ao próximo lançamento do Windows Server

Ele terá um container com nova tecnologia de isolamento com suporte para rodar tanto .NET e outros tipos de aplicação, como Node.js, Java, C++, etc. Desenvolvedores e organizações poderão usar o Docker para criar aplicações baseadas em containers para Windows Server com o suporte do ecossistema do Docker para os usuários, aplicações e ferramentas. Isso também possibilitará uma nova classe de distribuição de aplicações construídas pelo Docker que usam tanto imagens do Linux quanto do Windows Server.

MICROSOFT DOCKER

2) A Microsoft também dará suporte nativo ao cliente Docker no Windows

Desenvolvedores e administradores rodando Windows serão capazes de usar o mesmo cliente Docker padrão e a mesma interface para implantar e gerenciar as soluções baseadas em Docker tanto para ambientes Linux quanto para Windows Server.

MICROSOFT DOCKER

3) Imagens de container do Docker para Windows Server estarão disponíveis no Docker Hub juntamente com as imagens de containers disponíveis para o Linux atualmente

Isso permitirá que desenvolvedores e administradores compartilhem e automatizem mais facilmente as aplicações no fluxo de trabalho, usando ambas as imagens de Docker para Windows Server e Linux.

4) O Docker Hub será integrado ao Microsoft Azure Gallery e ao Azure Management Portal

Isso facilitará a implantação e execução de Linux e Windows Server nas imagens de Docker baseadas no Microsoft Azure.

5) Microsoft está contribuindo com a codificação do Docker para o Open Orchestration APIs

Essas APIs fornecem uma forma portátil de criar aplicações multi-container para Docker que podem ser implantadas em quaisquer bancos de dados ou ambientes em nuvem. Esse apoio permitirá aos desenvolvedores ou administradores usar linhas de comando do cliente Docker para lançar aplicações da plataforma, seja do Linux ou do Windows Server, diretamente no Microsoft Azure a partir da máquina de desenvolvimento.

Anteriormente, a Microsoft já havia lançado o apoio para containers Docker com Linux no Azure. Esse suporte se integra com o modelo para extensão do agente Azure VM e com as ferramentas de linhas de comando do Azure. Além disso, facilita o uso das mais recentes e melhores Engines Dockers em máquinas virtuais Azure e, depois, também contribui para a implantação das imagens baseadas em Dockers com elas.

Com a novidade, a Microsoft espera aperfeiçoar consideravelmente a rapidez do trabalho em equipe para encontrar novas soluções de mercado.

Fonte: http://www.porta25.com.br/2014/10/20/docker-e-microsoft-integrando-docker-com-windows-server-e-microsoft-azure/