'Creative Cloud' da Adobe não levou sequer uma semana para ser pirateada

Por Redação | 24 de Junho de 2013 às 18h15

A Creative Cloud é a nova aposta da Adobe para conter a pirataria de seus softwares, já que é necessário adquirir uma assinatura para ter acesso a todos os programas. Porém, infelizmente, esse esforço falhou — a Creative Cloud já foi pirateada.

A novidade inclui programas exclusivos da Creative Cloud, como Muse (edição de sites sem utilizar programação), Edge (edição da aparência do site), ferramentas de colaboração (algo como compartilhar projetos e arquivos ao estilo Dropbox), além do já conhecido Lightroom, novas versões do Photoshop, Indesign, Illustrator e acesso à comunidade de produtores de conteúdo Behance, que atualmente conta com mais de 1,4 milhões de usuários.

De acordo com o site de tecnologia PetaPixel, um link torrent foi colocado no site The Pirate Bay na última quarta-feira (19), permitindo que os usuários façam o download ilegal e gratuito da Creative Suite, incluindo as aplicações exclusivas do Creative Cloud.

A nova suite de aplicativos da Adobe foi lançada no início da semana passada, e a empresa acreditava que o plano baseado em assinaturas mensais em vez da simples compra da licença seria o suficiente para afastar a pirataria que assola principalmente seus programas mais populares, como o Photoshop. Parece que não foi dessa vez.

Saiba mais: Adobe anuncia oficialmente a Creative Cloud no Brasil

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.