Computador chinês é eleito o mais rápido do mundo pela terceira vez consecutiva

Por Redação | 27.06.2014 às 08:58 - atualizado em 27.06.2014 às 16:18
photo_camera Reprodução

O Ranking Top 500 serve para avaliar os avanços tecnológicos que estão surgindo no mundo da computação e, desde 1993, elege duas vezes por ano os sistema mais rápidos do planeta. De acordo com o ranking, o computador chinês Tianhe-2 é o mais poderoso do mundo, colocando a China pela terceira vez consecutiva no topo da lista. As informações são da Folha de S.Paulo.

Apesar de ter sofrido uma queda de 15% desde a última avaliação, os Estados Unidos continuam dominando a lista do Top500 com 233 computadores. Logo em seguida, aparece a China com 76 máquinas, seguida pelo Reino Unido (30), França (27) e Alemanha (23), fechando os 5 países que lideram o ranking. O computador brasileiro mais potente ocupa a 96ª colocação na lista do Top500. Ele foi montando no SENAI Cimatec, na Bahia. Outros três computadores nacionais também estão na lista, sendo um deles da Petrobras na 191ª posição do ranking.

O supercomputador chinês que lidera o ranking é operado pela Universidade Nacional de Tecnologia de Defesa e é utilizado para pesquisas e como ferramenta educacional.

Supercomputador Tianhe-2 (Imagem: Reprodução)

Para entrar na lista, o poder dos supercomputadores é medido em quadrilhões de operações por segundo (petaflop/s) e o Tianhe-2 teve sua capacidade medida em 33,86 petaflop/s. Os avanços na área tecnológica são tão rápidos que há apenas 5 anos um computador da IBM havia rompido a marca de 1 petaflop/s.