Como SSDs e memórias de alto desempenho podem melhorar a performance da máquina

Publieditorial

* Publieditorial

Alguns dizem que os desktops perderam a sua utilidade e foram substituídos por notebooks, Ultrabooks e tablets para a maioria das tarefas. Verdade? Bem, depende da forma como analisamos a palavra "utilidade" na frase anterior, pois certamente não precisamos de um PC de mesa para escrever um texto, fazer pesquisas e até rodar algum game casual, mas espaço para modelos de alto desempenho é o que não falta.

Memórias Comuns

Estamos falando de PCs voltados para trabalhar com vídeos em alta definição e rodar games de última geração. Essas tarefas, meu caro, Ultrabooks e tablets ainda não fazem e estão longe de fazer. É necessário ter configurações com processadores de alto desempenho, placa (ou placas) de vídeo com milhares de núcleos e placas-mãe que custam o preço de um iPad mais recente. É disso que estamos falando.

Disco rígido comum

Especificações potentes assim merecem memórias de última geração e discos SSD de alto desempenho, e vamos ver que esses dois componentes combinados são capazes de melhorar significativamente a performance geral da máquina. Não adianta investir uma boa grana em CPU, GPU e placa-mãe se o armazenamento fica por conta de um disco rígido comum e memória de entrada, certo?

Kingston HyperX SSD

Para nossa comparação, utilizaremos memórias convencionais, dessas que são facilmente encontradas por aí, e um disco rígido comum. Rodaremos uma série de benchmarks sintéticos e anotaremos os números. Em seguida, trocaremos o disco rígido por um SSD Kingston HyperX para gamers e memória HyperX Beast e compararemos os resultados. Será que os números vão variar tanto assim ou não irão fazer tanta diferença?

Kingston HyperX Beast

Pode parecer uma pergunta retórica, mas muitos gamers e entusiastas preferem comprar HDs de maior capacidade ao invés de SSDs, além de não ligar tanto para a memória RAM, já que o processamento gráfico utiliza a memória da GPU, certo? Fique ligado no Ultra Downloads que nos próximos dias publicaremos um vídeo mostrando a diferença entre um e outro, acabando com essa dúvida de uma vez por todas. Até lá!

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.