Com apoio de 25 parceiros, Microsoft anuncia a Cloud OS Network

Por Redação | 13 de Dezembro de 2013 às 12h05

Nos últimos tempos a Microsoft tem apostado muitas fichas na sua plataforma de computação na nuvem, a Windows Azure. O objetivo é claro: competir de igual para igual com serviços semelhantes oferecidos por Google, Amazon, Dropbox e Box e atrair mais usuários corporativos. Para atingí-lo, a empresa anunciou que reuniu um grupo de 25 parceiros para lançar o que eles agora chamam de Cloud OS Network.

No passado as decisões da companhia em relação ao serviço visavam adicionar mais funcionalidades e recursos. Agora, no entanto, o movimento foi estratégico e buscará agregar credibilidade ao serviço trazendo nomes de peso como Lenovo e Fujitsu para o negócio.

Por enquanto o acordo firmado entre as empresas cobrirá apenas clientes que utilizam os serviços do Windows Server com Hyper-V, System Center e Windows Azure. Com isso, fica claro que a norte-americana ainda não está disposta a oferecer serviços gerenciados e integrados, conferindo aos novos aliados a responsabilidade por isso.

Há expectativas por parte da empresa que o Cloud OS traga diversidade e liberdade de escolha para os usuários. "Essa rede de provedores de serviços irá auxiliar nossos consumidores a criar seus datacenters sem limites para aplicações, dados e gerenciamento de dispositivos", disse o vice-presidente corporativo da divisão Cloud & Enterprise Marketing, Takeshi Numoto. "Isso significa maior diversidade de soluções, mais flexibilidade e menor custo operacional para o consumidor, que poderá se concentrar em outros aspectos do negócio que não o gerenciamento de datacenters", destacou o executivo.

Segundo a companhia, o Cloud OS já nasceu ativo em mais de 90 mercados e com 2.4 milhões de servidores distribuídos em 425 datacenters que atendem mais de 3 milhões de consumidores diariamente. Se levarmos em consideração os planos que a empresa tem de expandir o Windows Azure em mercados-chave, como o Brasil, logo veremos esses números crescendo.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.