10 recursos imperdíveis do novo Office 2016

Por Redação

A principal suíte de aplicativos para escritório do mundo ganhou uma nova versão. O Microsoft Office 2016 trouxe inúmeras novidades e deu sequência à renovação visual do pacote iniciada há alguns anos.

Desta vez, o Office é resultado também da compreensão da Microsoft sobre a importância da integração entre os vários ambientes nos quais as pessoas transitam, indo do mobile à web, sem deixar de lado, é claro, o desktop, ainda o foco principal de tudo por aqui.

Agora, você tem uma experiência completa e cheia de recursos, com uma pegada bastante semelhante em todas as plataformas para as quais o pacote está disponível. Pensando nisso, nós preparamos um artigo destacando alguns dos principais recursos da versão 2016 da suíte da Microsoft.

1. Pesquisa inteligente e integrada

Normalmente, escrever sobre algo significa pesquisar sobre aquilo, então nada melhor do que ter um mecanismo de busca sempre à mão já na tela do editor de texto, de planilhas ou de apresentações de slides, certo? A Microsoft concorda com isso e agora oferece um recurso assim dentro do Office, o Pesquisa Inteligente.

Se você está usando o Word, o Excel ou o PowerPoint, pode iniciar uma busca de forma ágil a partir de algo que você digitou no texto. O resultado aparece em um menu lateral exclusivo, de forma organizada e precisa e com imagens que podem ser adicionadas rapidamente ao documento.

2. Assistente pessoal

Sabe aqueles momentos em que você não quer saber a cor do gato, mas quer apenas que ele cace o rato? Pois a versão 2016 do Word, do Excel e do PowerPoint traz algo semelhante a isso. Os programas contam com um assistente pessoal — o Diga-me — que facilita a localização de ferramentas dentro de cada software.

Assim, quando você estiver atrás de algo, basta solicitar ajuda para chegar diretamente ao recurso sem ter que aprender onde ele está exatamente. Assim, você resolve a sua vida de forma prática e sem complicação, sem muitos cliques e sem um longo caminho para chegar até o seu destino.

3. Trabalhos colaborativos

Hoje, a tônica do mundo é a forma colaborativa como as coisas se desenrolam. O sucesso do Google Docs, que permite a junção de várias pessoas em torno de um mesmo documento de texto (Word) ou apresentações de slides (PowerPoint) não passou despercebido pela Microsoft, que adicionou uma função semelhante no Office.

Assim, quem usa estes aplicativos (e também o OneNote, o serviço de notas rápidas do pacote) pode reunir sua equipe de trabalho para que todos tenham acesso ao mesmo documento — e isso na versão para desktop! Tudo é integrado com o OneDrive, o serviço de armazenamento nas nuvens da Microsoft.

4. Integração com a nuvem

Aproveitando a rabeira do tópico anterior, vale citar a integração do novo Office com a sua versão online. Basta salvar seus arquivos diretamente no OneDrive para poder acessar tal conteúdo posteriormente a partir de qualquer outro computador, smartphone ou tablet. O recurso está disponível para Word, PowerPoint, Excel, OneNote e Outlook.

5. Integração com o Skype

Fechando o combo de integração com a web e trabalhos colaborativos, o novo Office permite utilizar o Skype para trabalhar em conjunto com outras pessoas. A Microsoft aproveita as funções de transmissão de áudio e vídeo do mensageiro instantâneo e também oferece compartilhamento de tela para os seus usuários.

E tudo isso pode funcionar de maneira multiplataforma, ou seja, é possível misturar computador, tablet e smartphone em uma mesma transmissão, em torno de um mesmo trabalho colaborativo, tudo por meio do Skype.

6. Compartilhamento simplificado

Agora, Word, PowerPoint e Excel contam com uma função de compartilhamento. Por meio de um botão presente no menu de ferramentas de cada programa, você pode compartilhar um documento com outras pessoas facilmente.

Esta função trabalha de forma aprimorada, permitindo que você tenha controle sobre quem tem acesso ao seu documento e também sobre as permissões individuais de cada pessoa (quem pode ver, quem pode editar, quem pode tudo e por aí vai).

7. Novos recursos para enviar arquivos por e-mail

Uma função interessante do Outlook 2016, a nova versão do cliente de e-mails da Microsoft, é a possibilidade de anexar arquivos que estão armazenados na web. Este recurso traz suporte para itens guardados nos serviços OneDrive, OneDrive for Business ou no SharePoint, todos da Microsoft. A função é semelhante a algo já existente no Gmail.

Outra novidade de destaque no Outlook diz respeito à facilidade para anexar arquivos que você acabou de criar ou salvar. Documentos de texto, planilhas e apresentações de slides ficam mais à mão, pois são exibidos em um menu de anexos do Outlook — o recurso parte da premissa de que é provável você anexar aquele texto, aquelas tabelas ou aqueles slides salvados recentemente.

8. E-mails prioritários na frente

Outra novidade do Outlook que lembra bastante uma função já existente no Gmail é a triagem de e-mails. Agora, a caixa de entrada do software ficou mais inteligente, capaz de aprender com você e, assim, determinar quais mensagens são mais importantes para exibi-las com maior destaque.

Você pode colaborar com o programa e marcar algumas mensagens como prioritárias. A partir disso, sempre que novidades chegarem vindas daquele endereço receberão um tratamento especial e ficarão mais visíveis aos seus olhos.

9. Novos tipos de gráfico

O Excel é uma das ferramentas mais utilizadas nos mundos acadêmico e corporativo para a criação de gráficos. A versão 2016 do aplicativo ganhou novidades neste aspecto, permitindo que você crie gráficos de previsão utilizado dados históricos com apenas um único clique.

Além disso, de modo geral, os gráficos do Office (incluindo aí Word, Excel e PowerPoint, pois os três softwares suportam a criação de gráficos) também foram aprimorados. Ao todo, são seis novos tipos de gráficos: Caixa e Caixa Estreita, Cascata, Explosão Solar, Histograma, Mapa de árvore e Pareto.

10. Novos temas

Todos os programas do pacote Office contam, agora, com mais temas visuais à sua disposição. Assim, é você quem decide se o programa terá um visual mais sóbrio ou mais quente, mais discreto ou mais chamativo. Tudo isso pode ser alterado a qualquer momento e de forma bem simples.

Você já testou o novo Office? Pretende testar? Não deixe de nos contar a sua experiência com a nova versão da suíte de aplicativos da Microsoft.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.