WristMac: “pai” do Apple Watch lançado nos anos 80 será leiloado

WristMac: “pai” do Apple Watch lançado nos anos 80 será leiloado

Por Eduardo Moncken | Editado por Wallace Moté | 23 de Novembro de 2021 às 18h50
Reprodução/Comic Connect

A invenção do iPhone em 2007 ajudou o consumidor a olhar com mais atenção para a Apple. A partir daí a empresa cativou o mercado com produtos como os Apple Watch, AirPods, Apple TV, iPads, e melhorou as vendas dos seus computadores também, criando todo um ecossistema que abraça o consumidor em várias frentes.

Porém, antes disso a empresa já tinha certa expertise e colaborações para inovação. Só faltava um iPhone para que olhassem com mais cuidado para seus produtos. Prova disso é que em 1988 era lançado o “pai” do Apple Watch no mercado em parceria com a Seiko, quando aconteceu o lançamento do relógio WristMac.

Ele era extremamente inteligente à sua época — por mais que hoje suas funções pareçam inúteis. Ele era capaz de se conectar a PCs da marca e da IBM através do AppleTalk, para sincronizar agenda, contatos e alarmes. A digitação não era nada intuitiva, já que exigia um mini teclado que acompanhava o conjunto. Mesmo assim, ele foi responsável por auxiliar no envio do primeiro e-mail disparado fora do planeta, em uma versão adaptada para este feito.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

WristMac é considerado o pai do Apple Watch (Imagem: Reprodução/Comic Connect)

Sua tela, inclusive, foi revolucionária ao incluir um painel LCD capaz de exibir algumas poucas letras montadas pela ativação de pontos pretos na matriz. Incríveis duas linhas de textos (bem curtos) transmitiam as mensagens do relógio ao usuário. E bem, se ficou fascinado com essa descoberta, saiba ser possível levá-lo para casa.

Encontrado a US$ 50, leiloado por US$ 50 mil

Está sendo leiloado um modelo do Seiko WristMac, encontrado por menos de US$ 50 em um depósito nos Estados Unidos que estava prestes a fechar. Por mais que suas funções certamente, para os dias de hoje, não justifiquem esse preço, sabemos que muitos colecionadores de eletrônicos dariam rios de dinheiro por um item tão raro para seus acervos.

O leilão está aberto até o dia 18 de dezembro, e até a publicação dessa notícia o maior lance era de US$ 950. Ao menos 30 pessoas já manifestaram interesse nele, e muito ainda pode acontecer até o final da venda. A expectativa é o que o valor final fique entre US$ 25 mil e US$ 50 mil.

Vale o aviso de que o Seiko WristMac não pode ser sincronizado com o iOS ou com qualquer computador que você tenha ou adquira. O suporte da Apple é longevo, mas também não é para tanto.

Fonte: Comic Connect, Apple Insider, Phone Arena

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.