Vendas do Apple Watch crescem 54% em 2017 impulsionadas pela opção LTE

Por Redação | 06 de Fevereiro de 2018 às 17h57
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Apple

O começo pode ter sido difícil, mas parece que o Apple Watch vai encontrando seu espaço. Pelo menos é o que indicam os números divulgados pela consultoria Canalys. A Apple vendeu 54% a mais de seus smartwatches no ano passado em relação a 2016.

Em números absolutos, foram 18 milhões de unidades. As séries 1 e 2 respondem por 52% das vendas, enquanto os modelos da série 3 se dividem em 35% e 13% (celular).

O grande salto nos números ocorreu no quarto trimestre, quando a Apple colocou à venda a nova versão do wearable. As vendas aumentaram 32% em relação ao mesmo período de 2016.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A análise conclui que o crescimento foi provocado pelo lançamento da versão LTE, que já vem sendo uma das mais solicitadas nos Estados Unidos, no Japão e na Austrália.

Jogo ganho

Para Jason Low, analista sênior da Canalys, a Apple "ganhou o jogo dos wearables". Sua avaliação é de que a empresa avançou nesse segmento ao se concentrar na base de usuários do iPhone. 

Além disso, novos recursos como GymKit e o Apple Heart Study mostraram ser úteis para os usuários, o que os incentiva a comprar acessórios.

Fonte: Venture Beat

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.