Smartwatches podem ajudar a dizer quando você está doente

Por Redação | 16.01.2017 às 16:10
photo_camera Reprodução/Google

Muitas pessoas já usam os smartwatches como dispositivos de monitoramento para sua saúde, dando indicativos de batimentos cardíacos, informações sobre atividades físicas, entre outras facilidades. Entretanto, uma pesquisa aponta que em breve eles poderão até dizer ao usuário quando ele está prestes a ficar doente.

A constatação é do pesquisador Michael Snyder, da universidade de Stanford, na Califorma, que testou diversos sensores de relógios inteligentes para ver a sua confiabilidade. Entretanto, em um momento os sensores começaram a detectar anormalidades das informações coletadas, como batimentos cardíacos acelerados, queda de temperatura corporal e redução do nível de oxigênio no sangue.

Com base nos dados apontados pelos smartwatches, ele suspeitou que teria contraído a doença de Lyme em uma suas viagens. Após uma ida ao médico, ele foi diagnosticado com a doença e se tratou a tempo.

Segundo Snyder, graças à capacidade dos sensores dos relógios em perceber anomalias nos padrões de dados coletados, ele conseguiu detectar sua doença a tempo. "Acredito que seu batimento cardíaco e temperatura de pele estiverem elevada por duas horas, há uma grande chance de você estar doente", afirmou Snyder.

De acordo com o pesquisador, claro que ir ao um médico é a melhor forma de saber se você está doente, mas ter um gadget no pulso para lhe ajudar a detectar quando seu organismo está "estranho", também pode ser uma grande ajuda.

Fonte: Ubergizmo