Pebble dispensa 40 funcionários e reduz sua equipe em 25%

Por Redação | 24 de Março de 2016 às 13h00

A Pebble, fabricante de smartwatches que se destacou em 2015 por apostar em modelos com design mais próximos aos relógios convencionais, está dispensando 40 de seus funcionários – o que representa 25% de sua equipe total. A informação partiu do próprio CEO da companhia, Eric Migicovsky, em entrevista ao Tech Insider.

Migicovsky contou que a empresa levantou 26 milhões de dólares somente nos últimos oito meses, mas que, mesmo assim, será preciso tomar cuidado com esse investimento todo. De acordo com suas próprias palavras, “ganhamos essa quantia, mas dinheiro está sendo curto nos dias de hoje”. O executivo revelou que a Pebble passará a focar mais nas questões envolvendo saúde e fitness de seus aparelhos.

A notícia da redução no pessoal surge em um momento em que as demais fabricantes de aparelhos “vestíveis” enfrentam algumas turbulências, por assim dizer. A FitBit, por exemplo, que é líder de vendas nessa categoria, tem observado suas ações caírem dramaticamente nos últimos meses. Já a Apple reduziu o preço final do Apple Watch nos Estados Unidos recentemente, para que as vendas não caiam significantemente.

O CEO da Pebble disse também que prevê um mercado promissor para os dispositivos wearable nos próximos cinco a dez anos e que, por isso, a companhia precisa ser cuidadosa nesse momento de instabilidade inicial. Os smartwatches chegaram a ser apontados como o próximo sucesso no mercado de consumo de tecnologia, mas, pelo menos até então, ainda não conseguiram conquistar de verdade o grande público.

No entanto, a companhia deve continuar apostando em relógios inteligentes com design moderno e atrativo, e começará a vender seus produtos na Índia a partir de abril graças a uma parceria recentemente realizada com a Amazon.

Fonte: TechInsider

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.