Montadora do Apple Watch relaciona atrasos com escassez de profissionais

Por Redação | 15.05.2015 às 18:28
photo_camera Divulgação

Pouco após seu lançamento, o Apple Watch já tem enfrentado diversos rumores e até mesmo alguns problemas, entre eles atraso nas entregas, supostas taxas de rendimento muito baixas, e tudo isso teria feito com que a Apple cogitasse a terceirização de outras fabricantes, e teria até mesmo pedido para que empregados da Foxconn ajudassem a Quanta Computer a montar o dispositivo.

Sem citar os nomes da Apple ou do Apple Watch, C.C. Leung, o vice-presidente da Quanta Computer, empresa responsável pela montagem do relógio inteligente da Maçã, disse que o gadget de seu “cliente wearable não especificado” não é mais um desafio para sua empresa, tanto no quesito qualidade quanto na tecnologia.

Ele disse ainda que devido à escassez de trabalhadores durante os feriados do Ano Novo Lunar (ou Ano Novo Chinês), a Quanta precisou emprestar mão de obra de outras fabricantes e por isso só conseguiu entregar carregamentos limitados dos produtos montados no primeiro trimestre.

Mas parece que agora as coisas já se normalizaram nas fábricas da Quanta, e a empresa já tem capacidade suficiente para a fabricação de todos os pedidos da Apple (e dos demais clientes), algo que deve impulsionar a sua divisão de montagem de dispositivos vestíveis durante o segundo trimestre.