Microsoft Band 2 contará com novo design, melhorias e novos recursos

Por Redação | 21 de Setembro de 2015 às 12h25
Tudo sobre

Microsoft

Muitos usuários concordam que o Microsoft Band não é um dos smartwatches mais elegantes que existem no mercado. Ele assemelha-se muito mais a um dispositivo fitness, sem ter muito apelo ao estilo e sem conseguir atrair tantos usuários apaixonados pela moda.

No entanto, ciente de que precisa realizar melhorias no design do Band, a Microsoft deve lançar a sua segunda geração do smartwatch com um design mais ajustado e elegante. O Microsoft Band 2 deverá contar com um design mais curvo e detalhes em metal, que irão colaborar para a sensação de um dispositivo mais sofisticado.

Microsoft Band 2

As melhorias vão além do design, com os rumores apontando que a nova versão da Band terá sensores com maior grau de sensibilidade, resultando em informações mais precisas e detalhadas. As mudanças também irão permitir que o smartwatch funcione de maneira mais personalizada.

Assista Agora: Gestor, descubra os 5 problemas que suas concorrentes certamente terão em 2019. Comece 2019 em uma nova realidade.

Apesar das melhorias, as funcionalidades serão praticamente as mesmas da primeira geração, porém funcionarão de forma mais aprimorada, como já dito. A Band 2 inclui sensores de GPS, medidor de capacitância da pele e medição de pulsações. Isso permite que o dispositivo possa medir distâncias e consumo de energia ao realizar diferentes exercícios físicos, como corrida, ginástica, ciclismo, futebol ou golfe, além de receber chamadas, SMS e emails diretamente do aparelho.

Microsoft Band 2

As novidades em funcionalidades ficam por conta da detecção de altitude e medição de consumo de energia ao subir e descer escadas, ainda que não se tenha iniciado nenhum exercício no dispositivo.

A expectativa é que a Microsoft possa revelar a Band 2, em meio a várias outras novidades, no dia 6 de outubro. De acordo com as últimas especulações, o smartwatch também chegará a novos mercados, deixando de ser exclusivo apenas dos Estados Unidos e Reino Unido.

Fonte: Microsoft Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.