Mercado de smartwatches híbridos deve atingir US$ 1 bilhão neste ano

Por Redação | 12.03.2017 às 13:20
photo_camera Reprodução

O setor de smartwatches híbridos deverá ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão em receitas neste ano, indica um relatório divulgado pela empresa de pesquisa de mercado Counterpoint Research.

Smartwatches híbridos são considerados relógios inteligentes que funcionam como e se parecem com relógios analógicos tradicionais, mas integram também sensores inteligentes como medidores de batimento cardíaco e de passos, pagamentos via NFC ou até notificações.

"O volume de vendas dos smartwatches híbridos crescerão 77% ao ano, levando a penetração para 12% do volume total de smartwatches em 2017", afirmou Peter Richardson, diretor de pesquisa da Counterpoint Research.

De acordo com Mudit Singh, analista da Counterpoint, o sucesso que estes dispositivos estão encontrando no mercado se deve a dois pontos principais: primeiro, preservar o estilo e a estética tradicional de relógios mecânicos; e, em segundo lugar, maximizar a vida útil do dispositivo ao reter características de smartwatch freqüentemente usadas, mas sem displays virtuais que drenam a bateria rapidamente.

Ainda segundo o relatório, a liderança do setor em 2017 deverá ficar por conta do grupo norte-americano Fossil, que inclui marcas como Zodiac, Kate Spade, Diesel e Armani, mas empresas como Martian e Guess deverão avançar no setor de smartwatches híbridos carregados com assistentes de inteligência artificial – um mercado com potencial de crescimento neste ano.

Via: Gadgets Now