Google pode anunciar versão 5G do Pixel 4 já na próxima semana

Por Rui Maciel | 09 de Outubro de 2019 às 14h20
google
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Pixel

Ficha técnica

Na próxima terça-feira (15), o Google, finalmente, anunciará os novos modelos da linha Pixel 4 - não que ainda tenha alguma novidade a ser apresentada, dados os inúmeros vazamentos sobre os aparelhos. Mas, pode ser que a Big G ainda tenha uma carta na manga quando falamos sobre surpresas. Isso porque, segundo o jornal japonês Nikkei, a empresa pode lançar também uma versão 5G da sua nova linha de smartphones.

No entanto, o jornal não especifica se esta versão 5G do Pixel 4 será apenas exibida ou também lançada junto com os outros aparelhos. Mas, as fontes da publicação afirmam é provável que o modelo em questão seja apresentado apenas em uma espécie de teaser. Com isso, seu lançamento oficial aconteceria apenas no primeiro semestre de 2020, junto com o sucessor do Pixel 3a, que é a edição econômica da linha de smartphones do Google.

Pixel 4: versão 5G à vista?

A chegada de uma versão 5G do Pixel 4 ainda no primeiro semestre de 2020 colocaria a Google em vantagem contra Apple. Isso porque o lançamento de um iPhone compatível com as redes móveis de quinta geração aconteceria apenas em setembro do mesmo ano. Além disso, a infraestrutura 5G mundo afora ainda está em estágio de implementação, restrita a apenas alguns países e, ainda assim, de forma limitada. Portanto, não há muitos motivos para que consumidores gastem alguns bons trocados a mais para comprar um aparelho não funcionará a plena potência quando falamos de performance na internet.

Smartwatch e notebook

Para além dos smartphones, a Google pode aproveitar o evento da próxima terça-feira para apresentar ainda um smartwatch e um notebook, ambos também da marca Pixel. Uma nova versão do Pixelbook já fora divulgada anteriormente, mas uma nova edição do relógio inteligente da linha seria uma surpresa, visto que este tipo de produto não emplacou no gosto dos consumidores. Mas, podemos considerar que a Google pode anunciar o produto como um balão de ensaio para algo mais inovador no futuro.

Enfim...aguardemos!

Fonte: Asia Nikei  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.