Google lança primeiro aplicativo para o Apple Watch

Por Redação | 13 de Maio de 2015 às 12h56

O Google está lançando o seu primeiro aplicativo para o Apple Watch. Agora os usuários do smartwatch da Maçã poderão acessar notícias e verificar a previsão do tempo na localidade e em diversas outras cidades do mundo por meio do Google News & Weather.

De início, porém, o aplicativo não irá permitir que os usuários leiam as notícias diretamente de seus relógios. O aplicativo exibirá apenas as manchetes, títulos e leads mais curtos das matérias, disponibilizando a opção de marcá-las para lê-las posteriormente no iPad ou iPhone. Apesar disso, é muito provável que o Google esteja trabalhando para poder disponibilizar todas as funcionalidades do aplicativo para o Apple Watch.

Através do Force Touch será possível tocar as manchetes e então adicioná-las à lista de leitura do Safari para serem lidas em outro momento.

Quanto a previsão do tempo, será possível utilizar praticamente todos os recursos já presentes no aplicativo para smartphone. No entanto, ele não será totalmente aproveitado, visto que o Apple Watch não possui muitos sensores de tempo, deixando o app com informações apenas oriundas da web.

É provável que em breve o Google lance outros aplicativos de seu portfólio para o Apple Watch, como o Gmail, Hangouts e Google+.

Google News & Weather

O lançamento do primeiro aplicativo do Google para o Apple Watch chega em um momento em que se torna cada vez mais evidente que o Android Wear não está conseguindo decolar, ao contrário do que acontece com o wearable da Maçã.

A estratégia de disponibilizar o sistema para smartwatches de diversas fabricantes assim como o Android é oferecido para várias marcas que fabricam smartphones parece não estar surtindo o efeito que o Google esperava. No segmento de smartphones e tablets, a Apple utiliza a estratégia de concentrar seus esforços em obter lucros em detrimento do número total de unidades vendidas. Foi assim que a empresa conseguiu abocanhar 93% dos lucros da indústria de smartphones no último trimestre de 2014.

Quanto ao Google, sua estratégia é oferecer o Android sem nenhum custo aos fabricantes fazendo com que a plataforma se torne mais popular e vendida no mundo. No ano passado, por exemplo, mais de 1 bilhão de smartphones Android foram ativados. Essa base de usuários é o que faz com que o Android seja uma plataforma interessante para os desenvolvedores, mesmo que a sua loja não ofereça os mesmos ganhos da App Store, visto que os usuários da Maçã tendem a ser em média mais ricos e gastarem mais dinheiro com apps e compras em aplicativos.

No entanto, isso parece não estar funcionando com os smartwatches. Quando se trata deles, o Google perde a vantagem que possui com os smartphones. Apesar da Apple ainda não ter divulgado os números de vendas do Apple Watch, analistas estimam que a empresa de Cupertino tenha conseguido vender em um só dia o que o Google conseguiu vender de dispositivos com Android Wear em um ano inteiro.

O discrepância fica ainda maior quando os números estimados de unidades vendidas são colocados à mesa. De acordo com estimativa do analista Ming-Chi Kuo, a Apple conseguiu mais de 2,3 milhões de unidades vendidas na pré-venda do Apple Watch. Já o Google conseguiu apenas 720 mil unidades vendidas de seus dispositivos com Android Wear em 2014.

Enquanto o Android Wear não decola, o Google provavelmente continuará apostando em disponibilizar seus aplicativos para o Apple Watch a fim de entregar notificações e executar funções essenciais para seus usuários. Já que os usuários não chegam ao Google, a companhia de Mountain View é quem pretende chegar aos usuários com suas aplicações.

Fonte: TechCrunch

Via: Business Insider

Fonte: http://www.businessinsider.com/google-news-weather-apple-watch-android-wear-smartwatch-2015-5

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.